Saiba onde você pode assistir Allan Kardec – o Filme

terça-feira, maio 21st, 2019 146 views

Baixe este post em PDF

Confira os locais onde podemos assistir KARDEC – O filme:

Cinemark Pier 10, às 13h, 15h30, 18h e 20h40.

Kinoplex Boulevard 3, às 14h, 16h20, 18h40 e 21h.

Espaço Itaú de Cinema CasaPark 2, às 14h20, 16h40, 19h e 21h10.

Kinoplex ParkShopping 8, às 14h20, 16h40, 19h e 21h20.

Cinemark Iguatemi 5, às 14h, 17h, 19h30 e 22h.

Terraço Shopping 1, às 14h10, 16h30, 18h50 e 21h10.

Cinemark Taguatinga Shopping 1, às 13h, 15h30, 18h e 20h40.

Cinemas Lumière Luziânia Shopping 1, às 14h10, 16h30, 18h45 e 21h.



Exposição “Allan Kardec – Luz entre dois mundos” na FEB com palestra de Divaldo Franco

quarta-feira, abril 17th, 2019 304 views

Baixe este post em PDF

A Federação Espirita Brasileira (FEB) inaugura no dia 21 de abril, às 9h30, em sua na 603 Norte, em Brasília, a Exposição “Allan Kardec – Luz entre dois mundos”.

A exposição apresenta painéis ilustrativos em homenagem aos 150 anos de desencarnação do codificador, completados este ano. 

Venha conhecer mais sobre a trajetória de Kardec, as primeiras edições das obras básicas, bem como os figurinos utilizados pelos artistas no filme Kardec. A inauguração contará com palestra de abertura com o médium e orador Divaldo Franco. O evento é gratuito. Vale a pena conferir!

Mais informações:
https://www.febnet.org.br/blog/geral/noticias/exposicao-allan-kardec-luz-entre-dois-mundos-na-feb/



Começam as vendas de ingresso para a pré-estreia do filme Kardec

segunda-feira, abril 15th, 2019 330 views

Baixe este post em PDF

Começa oficialmente a venda da pré-estreia do filme do Kardec. Em Brasília, o filme será exibido na sala 10 do Cinemark Pier 21 e na sala 3 do Espaço Itaú de Cinema, a partir do dia 16 de maio, quinta-feira.

Leonardo Medeiros é o protagonista Hypolite Leon Denizard Rivail – reconhecido depois como Allan Kardec -, o educador francês nascido em 1804 que codificou o espiritismo a partir de 1857.

A produção tem ainda no elenco nomes como Sandra Corveloni (Amélie-Gabrielle Boudet), Guilherme Piva (Didier), Genézio de Barros (Padre Boutin), Guida Vianna (Madame De Plainemaison), Julia Konrad (Ruth-Celine), Charles Fricks (Charles Baudin), Licurgo Espinola (Sr. Babinet), Letícia Braga (Julie), Julia Svacina (Caroline), Dalton Vigh (Sr. Dufaux) e Louise D’Tuani (Ermance Dufaux).

O roteiro de L.G. Bayão (“Irmã Dulce”, “Heleno” e “Minha Fama de Mau”) e Wagner de Assis acompanha a trajetória de Kardec desde o período em que atuava como educador, passando pela investigação dos fenômenos, pelo processo de codificação da doutrina espírita, até a publicação e repercussão de “O Livro dos Espíritos”.

Os ingressos podem ser adquiridos pelo link: http://bit.ly/Ingressos-Kardec.



Protagonizado por Leonardo Medeiros, ‘Kardec’ ganha trailer e cartaz

terça-feira, março 19th, 2019 338 views

Baixe este post em PDF

FILME QUE ESTREIA EM 16 DE MAIO TEM CENAS FILMADAS EM PARIS E É BASEADO NA BIOGRAFIA ESCRITA POR MARCEL SOUTO MAIO.

Acaba de ser divulgado o cartaz e o trailer da cinebiografia “Kardec”. As cenas mostram o cético professor Rivail, apaixonado pelo conhecimento científico, em sua jornada para entender a origem das mensagens que lhe são enviadas através de diferentes médiuns. Em plena Paris do século XIX, ele investiga o fenômeno das mesas girantes até se tornar o codificador da doutrina espírita e assumir o pseudônimo Allan Kardec.

Dirigido por Wagner de Assis (“Nosso Lar”, “Menina Índigo”), o longa é baseado no livro “Kardec – A Biografia”, de Marcel Souto Maior. Leonardo Medeiros é Allan Kardec e Sandra Corveloni (vencedora do prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cannes) vive sua esposa, Amélie-Gabrielle Boudet. A produção é da Conspiração (“2 Filhos de Francisco”, “Gonzaga – de Pai Pra Filho”, “Lope”) e a distribuição da Sony Pictures Entertainment. Com roteiro de Wagner de Assis e L.G. Bayão (“Irmã Dulce”, “Heleno” e “Minha Fama de Mau”), “Kardec” estreia no circuito nacional de cinema no dia 16 de maio.

Completam o elenco Guilherme Piva (Didier), Genézio de Barros (Padre Boutin), Guida Vianna (Madame De Plainemaison), Julia Konrad (Ruth-Celine), Charles Fricks (Charles Baudin), Licurgo Espinola (Sr. Babinet), Letícia Braga (Julie), Júlia Svacinna (Caroline), Dalton Vigh (Sr. Dufaux) e Louise D’Tuani (Ermance Dufaux) Para imagens do filme: http://www.agenciafebre.com.br/imagens-4. Para assistir ao trailer: https://youtu.be/NNx18oNcxH8.

Para agenda palestras com o diretor Wagner de Assis e com o autor Marcel Souto Maior: magalibischoff@zookcomunicacao.com ou pelo WhatsApp +55 (11) 98912-9798. Zook Comunicação.

Trailer

Sinopse

Leonardo Medeiros é o protagonista Hyppolite Léon Denizard Rivail – reconhecido depois como Allan Kardec -, o educador francês nascido em 1804 que codificou o espiritismo a partir de 1857. A produção tem ainda no elenco nomes como Sandra Corveloni (Amélie-Gabrielle Boudet), Guilherme Piva (Didier), Genézio de Barros (Padre Boutin), Guida Vianna (Madame De Plainemaison), Julia Konrad (Ruth-Celine), Charles Fricks (Charles Baudin), Licurgo Espinola (Sr. Babinet), Letícia Braga (Julie), Júlia Svacinna (Caroline), Dalton Vigh (Sr. Dufaux) e Louise D’Tuani (Ermance Dufaux). O roteiro de Wagner de Assis e L.G. Bayão (“Irmã Dulce”, “Heleno” e “Minha Fama de Mau”) e Wagner de Assis acompanha a trajetória de Kardec desde o período em que atuava como educador, passando pela investigação dos fenômenos, pelo processo de codificação da doutrina espírita, até a publicação e repercussão de “O Livro dos Espíritos”.

Sobre a Conspiração

A Conspiração é uma das maiores produtoras independentes do Brasil. Cria e produz conteúdos para Cinema, Publicidade, TV e Streaming/OTT, Branded Content, Serviços Digitais, Mídias Sociais, Arte e Música. Com 36 títulos de longas lançados e mais de 100 horas de programação de TV produzidas por ano, tem 6 indicações ao Emmy International por séries como “A Mulher Invisível” (TV Globo), “Um Contra Todos” (Fox Channel) e “Mandrake” (HBO) – vencendo com a primeira o maior prêmio da TV mundial. Outras produções de destaque são as séries “Sob Pressão” (TV Globo), Detetives do Prédio Azul (Gloob), “Magnífica 70” (HBO) e Desnude (GNT). Com produções cinematográficas distribuídas no Brasil e no exterior por empresas como Sony Pictures, Warner Bros, Disney, Paramount, Fox e Universal Pictures, já participou de todos os maiores festivais do mundo, incluindo Cannes, Berlim, Veneza, Toronto e Sundance. É responsável por grandes sucessos como “Vai que Cola – O Filme”, “A Mulher Invisível”, “Gonzaga” e “Casa de Areia”, além de “Eu Tu Eles” e “2 Filhos de Francisco”, que foram a indicação oficial do Brasil ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Criou o primeiro núcleo formado apenas por mulheres dentro de uma produtora brasileira de audiovisual: a multiplataforma Hysteria.

Sobre Wagner de Assis

Wagner de Assis, carioca, 48, é diretor, roteirista e produtor. Responsável pelos longas A Cartomante, Nosso Lar e A Menina Índigo, e os documentários Os Transgressores, Que Geração é essa?. Foi autor de séries para TV como Rondon, o grande-chefe e de novelas como Além do Tempo e Espelho da Vida, da TV Globo. É responsável pela empresa Cinética Filmes, fundada em 1997.

Sobre a Sony Pictures Entertainment

A Sony Pictures Entertainment (SPE) é uma subsidiária da Sony Corporation of America, uma subsidiária da japonesa Sony Corporation. As operações globais da SPE abrangem produção, aquisição e distribuição de filmes em cinema, home entertainment, televisão e mídias digitais; uma rede global de canais; operação de estúdio, desenvolvimento de novos produtos audiovisuais, serviços e tecnologias. Tudo isto representa a distribuição de entretenimento em mais de 140 países.

Com presença marcante no mercado nacional, a Sony Pictures distribuiu e/ou coproduziu no Brasil, 22 dos 25 filmes nacionais lançados na década de 90, momento da retomada. Em 2018, através do investimento em inúmeras produções, apostando em novos talentos e diferentes gêneros ao longo dos últimos anos, a Sony chega à marca de mais de 60 filmes nacionais distribuídos e/ou coproduzidos, entre eles: Deus é Brasileiro, O Auto da Compadecida, Carandiru, Cazuza, 2 Filhos de Francisco, Meu Nome Não é Johnny, Chico Xavier, Xingu, Tainá, Confissões de Adolescente e Um Tio Quase Perfeito.



Produtora brasileira começa a filmar, em Paris, cinebiografia de Allan Kardec

quinta-feira, maio 17th, 2018 461 views

Baixe este post em PDF

 

A Conspiração começa a rodar amanhã, em Paris, a cinebiografia de Allan Kardec (1804-1869), o escritor francês conhecido como o “codificador” do espiritismo, que será vivido pelo ator brasileiro Leonardo Medeiros.

Dirigido por Wagner de Assis — o diretor de “Nosso lar” (2010) —, o longa é inspirado em “Kardec — a biografia” (2013), de Marcel Souto Maior. Em junho, a equipe de filmagens voltará ao Rio para recriar a Paris do século XIX.

A estreia está prevista para 2019.

Fonte: Jornal O Globo



‘A mídia e a religião’, artigo de João Coelho Vitola

sexta-feira, julho 31st, 2009 523 views

Baixe este post em PDF

Por João Coelho Vitola, membro do Conselho Diretor do Centro Espírita André Luiz
Publicado no Jornal de Brasília de 26 de julho de 2009

Não faz muito tempo, era difícil a publicação de reportagens sobre religião na grande imprensa, particularmente sobre o Espiritismo. A imprensa sempre “pautou ” seus repórteres para assuntos que lhes gerassem mais leitores.A desculpa sempre era a de que os interesses dos leitores se fixavam sobre temas mais próximos ao seu “dia a dia” no mundo material, que lhes afetavam mais de perto.

No entanto, o que se tem visto nos últimos tempos, tem demonstrado alguma modificação neste conceito “pétreo”. Tem-se visto publicações versando sobre estes esquecidos assuntos religiosos.
Parece que está virando moda, mas de algum tempo para cá até novelas têm sido escritas com estes temas. Será que a população está mudando ou será a imprensa? Ou será ainda que ambos?

Existe uma premissa básica neste meio que diz: “Quem manda é o cliente”. Isto significa dizer que a mídia persegue os “famosos” pontos do Ibope, custe o que custar. Dar mais audiência aos programas de TV e rádio, e aumentar a leitura dos jornais e revistas é a missão primordialde qualquer profissional desta área. É o Marketing (Estudo de Mercadoou Mercadologia) atuando na mídia. Antes só se notava alguma matéria neste ramo quando algo de espetacular acontecia, como por exemplo algum fenômeno de cura, de bruxaria, etc.

Hoje em dia já se consegue vislumbrar algo de mais sério neste enfoque, dado pela própria imprensa, que, mais madura e científica, procura explicações para os segredos das religiões. Talvez, também, à crescente onda evangélica tenha contribuído para isto. Outro fator que deve ser levado em conta é a maturidade com que se vê, atualmente, o espiritismo real, o de Allan Kardec, que tem por escopo o amor ao próximo e a caridade Cristã.

Ainda se vê, principalmente nas TVs, programas mostrando médicos incrédulos acompanhando cirurgias espirituais diversas, particularmente as do Doutor Fritz, que ficam “entre a cruz e a espada”, sem possuírem conhecimento para aceitarem o que presenciaram. Apesar de tudo, isto já é considerado um avanço.

Entretanto, o que salta aos olhos, é a atenção séria que a mídia está oferecendo a este assunto, antes tido apenas como “coisa do mal”. O bem que o Espiritismo tem disseminado no seio da sociedade em geral, vem produzindo este efeito lento, porém constante, gradativo e produtivo. Na atualidade o Espiritismo não é visto somente como fenômeno, mas também, e principalmente como Filosofia e Moral Cristã. Muito diferente, pois, de como era visto antigamente, quando imperavam puramente as manifestações mediúnicas, tidas por muitos como fantasiosas.

Agora já se vê pesquisadores sérios estudando o assunto. São psicólogos, psiquiatras, entre outros profissionais de renome, dentro e principalmente fora do país, interessados por pesquisas mais aprofundadas sobre o tema. Já se despertou, inclusive, a atenção dos mais respeitados institutos de pesquisa do mundo. É bom ver a Doutrina dos Espíritos estar sendo avaliada pelas suas vertentes mais relevantes, quais sejam a filosófica e a religiosa, sem se abandonar a poderosa e retumbante vertente científica, que tanto bem já proporcionou a todos os que, de alguma forma, dela se socorreram.

“A Codificação” recomenda que abandonemos qualquer dos postulados Espíritas, sempre que a ciência material conseguir provar, cientificamente, algum erro em seus pressupostos básicos. Porém, passados mais de 150 anos, a ciência da Terra ainda não apresentou provas e explicações tão racionais, inteligentes e convincentes como as trazidas pelos Espíritos Superiores.

No ponto de vista reinante entre a maioria dos que seriamente estudam o espiritismo, houve um enorme progresso ao sair-se do único e exclusivo enfoque mediúnico para o mais amplo e completo sentido Filosófico e Religioso da Doutrina. Por tudo isso, fica a nítida impressão de que a sociedade e a mídia estão no caminho certo para o equilíbrio de tudo: o da religião, isto é, a busca consciente dos verdadeiros valores da vida.

Parabéns ao Jornal de Brasília por mais esta iniciativa!