Arquivo

FEB realiza seminário sobre Emmanuel

segunda-feira, setembro 1st, 2008 419 views

Baixe este post em PDF

A Federação Espírita Brasileira (FEB) promove, no dia 31 de agosto, domingo, o Seminário Emmanuel: Trajetória espiritual e obras. O evento acontecerá das 9h às 12h, no auditório do Prédio Unificação da própria FEB, na Av. L2 Norte Q. 603, na Asa Norte, em Brasília.



Os 150 anos da Revista Espírita

quinta-feira, agosto 28th, 2008 278 views

Baixe este post em PDF

Fonte: Portal da Federação Espírita Brasileira www.febnet.org.br

 

27/08/2008

A Revista Espírita, Jornal de Estudos Psicológicos, completa 150 anos em 2008. E, com o objetivo de divulgar, a Federação Espírita Brasileira está oferecendo a Coleção com desconto especial e encaminhando material de divulgação para todas as Federativas.

Esta iniciativa visa promover o estudo, a prática e a difusão do Espiritismo, com base no Evangelho de Jesus e na unificação do Movimento Espírita, colocando o Espiritismo ao alcance e a serviço de todos.

A Coleção da Revista Espírita nos Centros Espíritas é subsídio para reuniões, cursos e seminários sobre mediunidade e dissertações espirituais; trabalho do Codificador; estudos históricos a respeito das primeiras instituições espíritas, da imprensa espírita e das viagens de Kardec; elaboração das obras da Codificação; funcionamento de centros e do Movimento Espírita.

 


**

      Em maio de 1855, o Prof. Hippolyte Léon Denizard Rivail fez seu primeiro contato com o fenômeno mediúnico das mesas girantes, na casa da Sra.Plainemaison.     Observando que o fenômeno era provocado por Espíritos de pessoas desencarnadas, constatou – já então na residência da família Baudin –, que esses seres não tinham noção absoluta das coisas e emitiam apenas opiniões limitadas aos seus conhecimentos. Compreendendo que no fenômeno observado poderia encontrar respostas às suas dúvidas e soluções para muitos dos problemas da Humanidade, o Prof. Rivail deu austeridade ao contato com os Espíritos. Com isto, somente Espíritos sérios passaram a participar das reuniões, afastando os levianos.

 


       Nos meses de abril e junho de 1856, o Prof. Rivail tomou conhecimento dos graves compromissos por ele assumidos no sentido de descortinar para a Humanidade os ensinos e as lições transmitidos pelos Espíritos superiores. Convicto da tarefa assumida, aprofundou seus estudos e, utilizando o método do “Controle universal dos ensinos dos Espíritos”,* separou o que era opinião pessoal dos Espíritos comunicantes, dos princípios básicos da Doutrina. Em 18 de abril de 1857, com o pseudônimo de Allan Kardec, lançou O Livro dos Espíritos, que contém os ensinos dos Espíritos superiores.

      Marcada a presença do Espiritismo no mundo, em janeiro de 1858 Kardec iniciou a publicação da Revista Espírita – periódico mensal utilizado na difusão da Doutrina e como laboratório para suas pesquisas e observações. Contatando com pessoas de outras cidades e países, comunicava, nas páginas da Revista, o resultado do trabalho por ele realizado, e informava sobre os acontecimentos ocorridos no campo das comunicações mediúnicas, em outras partes do mundo, até março de 1869, quando desencarnou.

      Ao comemorar os 150 anos de sua existência, caracterizada por um constante trabalho de superação de inúmeros obstáculos, a Revista Espírita continua difundindo o Espiritismo em seus princípios básicos, levando a mensagem esclarecedora e consoladora da Doutrina Espírita, em diversas línguas, com a amplitude e a diretriz estabelecida por Allan Kardec, a todos os povos do mundo.
 

*KARDEC, Allan. O Evangelho segundo o Espiritismo. “Introdução”, cap. II, Ed. FEB.