Leia mais notícias...

Eventos

Peça ‘Aconteceu na casa Espírita’ arranca aplausos da plateia ao encerrar ciclo de seminários na Comunhão

04/12 | Editado por: Ana Cristina Sampaio Alves
Este post já recebeu 38 views
Baixe este post em PDF

No  dia 25/11, o grupo Mocidade apresentou a peça de teatro “Aconteceu na Casa Espírita”, no auditório Bezerra de Menezes da Comunhão Espírita de Brasília.  O espetáculo foi uma adaptação do livro homônimo, ditado pelo espirito de Nora ao médium Emanuel Cristiano, cujo tema provocou reflexões importantes, porém com muito bom humor e diversão.

O evento fez parte do ciclo de seminários do Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita (ESDE), que começou no dia 20 de novembro.

Durante o espetáculo, encenados pelos próprios alunos e professores do grupo Mocidade, a plateia, – composta por frequentadores, trabalhadores, parentes e amigos convidados – se emocionou com a história.

A peça descreveu  como a irresponsabilidade dos encarnados e desencarnados influencia a vida das pessoas e os trabalhos mediúnicos realizados.   Tomando como cenário e personagens um Centro Espírita e seus trabalhadores, os atores, com base na obra Aconteceu na Casa Espirita,  deram exemplos romanceados de como agir e reagir às presenças espirituais nas quais frequentemente todo encarnado  é exposto.

A história, em linhas gerais, mostrou que todo ser humano é responsável por tudo que acontece em sua vida, devido às influências que são emanadas  por suas condutas e pensamentos.  Mostra, ainda, que sacrifícios são necessários àqueles que se dispõem a trabalhar pelo bem, vivendo a Doutrina da Caridade segundo os ensinamentos do Cristo. 

Além disso, obsessão, vaidade, ciúme, vitória e perseverança são alguns dos temas abordados.

Assista a peça: “ Aconteceu na Casa Espírita”  pelo You Tube da Comunhão (a peça inicia no minuto 7’40) e entenda por que é importante  compreender e, consequentemente, se prevenir das infiltrações de obsessores interessados em destruir o trabalho nas Casas Espíritas.

Por Isabel Carvalho

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.