Leia mais notícias...

Matérias

“A Menina Índigo” estreia dia 12 de outubro em circuito nacional

17/10 | Editado por: Ana Cristina Sampaio Alves
Este post já recebeu 345 views
Baixe este post em PDF

Sofia é uma criança diferente. Quando resolve ficar por último na aula de pintura e tranca-se dentro da sala para “se pintar por dentro”, ela deflagra em seu pai, Ricardo, um jornalista cansado de suas escolhas profissionais, e em sua mãe, Luciana, uma executiva culpada por ser ausente, uma crise de relacionamentos – eles são separados – por não saberem como criar a filha.

A menina decide morar um tempo com o pai. O que Ricardo não sabe é que, uns tempos atrás, sua filha desenvolveu um dom paranormal de curar algumas enfermidades das pessoas com a simples imposição das mãos.

O relacionamento com a filha faz com que Ric descubra que Sofia adora pintura. Quando está triste, ela risca e rabisca, espalha tintas por quaisquer paredes. Quando está feliz, os desenhos surgem naturalmente.

O tempo na casa do pai mostra que o desejo da menina é outro – ela quer juntar o pai e a mãe novamente. Também diz que não precisa mais ir à escola, deixando Ricardo preocupado, pois, segunda ela, “já sabe de tudo”.

Sofia é um diamante que espalha luz para todos que chegam perto. Representante de uma geração que os espiritualistas chamam de índigo, capaz de mudar o mundo. Ela sente os impactos da sociedade em que vive – as brigas dos pais, por exemplo, fazem-na calar-se e intimidar-se, refugiando-se em seu quarto.

Ric até procura médicos – mas os diagnósticos são completamente confusos e, pior, alguns receitam calmantes para a menina. O plano de Sofia para aproximar os pais estava dando certo até que um amigo de Ricardo na revista, jornalista sensacionalista, descobre que ela tem “certos poderes”. Ele investiga e resolve publicar uma matéria com ela. É o suficiente para a imprensa cercar-lhe a casa anunciando-a como um novo anjo que faz milagres.

Ric e Luciana vão ter que se aproximar novamente para defenderem a filha – e Sofia, mais uma vez, vai mostrar a todos que temos uma nova geração entre nós, capaz de resolver os problemas das maneiras mais simples, poéticas e bonitas possíveis.

Assista ao trailer aqui.

 

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.

%d blogueiros gostam disto: