Leia mais notícias...

Destaque

Assistência Espiritual on-line recebe cerca de 40 pedidos por dia

23/10 | Editado por: Ana Cristina Sampaio Alves
Este post já recebeu 208 views
Baixe este post em PDF

Desde que a Comunhão Espírita fechou as portas por causa da pandemia, em março passado, os pedidos de prece e tratamento espiritual não pararam de chegar. “Por telefone ou pessoalmente, as pessoas mais necessitadas deixavam seus pedidos na recepção, que os encaminhava aos dirigentes de alguns grupos que se reuniam virtualmente para prestar irradiação aos nomes solicitados. Não existia tratamento mediúnico”, informa Paulo Amorim, vice-diretor de Assistência Espiritual da Comunhão.

Com a reabertura presencial de alguns grupos mediúnicos surgiu a oportunidade de atender a esses pedidos de ajuda e inserir o atendimento a desencarnados. Foi, então, criado o formulário on-line disponível no site da Comunhão, pelo qual chegam entre 30 e 40 mensagens diárias, muitas de outras cidades e até do exterior.

“Pela internet ficou muito mais fácil receber os pedidos. A pessoa opta pela prece ou pelo tratamento. Preces são recomendadas àqueles que estão internados, angustiados e passam por um momento de necessidade.  Já o tratamento integral foi pensado  inicialmente para aqueles que frequentavam as salas Chico Xavier e André Luiz, que puderam ser perfeitamente feitos à distância. Os grupos se reúnem e irradiam pelos nomes que já vinham recebendo assistência antes da pandemia. Agora, auxiliam na irradiação também dos nomes que vêm pelo site. Essas pessoas são orientadas a procurar o atendimento fraterno on-line ou presencial para dar início ao tratamento em suas casas. Para a espiritualidade, não existe distância física”, esclarece o vice-diretor.

Com o retorno ao trabalho presencial de alguns grupos de desobsessão, esse tratamento também pode ser solicitado via formulário. “Nos casos em que há ideação suicida ou a pessoa relata o assédio espiritual, a Comunhão entra em contato e estabelece o horário para o passe virtual. O grupo faz a irradiação e também atende aos desencarnados. Quando a pessoa está muito confusa ou faz menção a suicídio, mandamos mensagem pedindo que a pessoa procure nosso atendimento fraterno presencial ou on-line”, diz Paulo Amorim.

Em todos os casos,  a Comunhão estabelece um prazo para os tratamentos e orienta que o atendido permaneça em prece durante aquele horário e coloque um copo de água para fluidificar.  A DAE mantém contato com a pessoa durante esse prazo através de ligação ou whatsapp.

Segundo o vice-diretor, a Comunhão sempre informa às pessoas que buscam ajuda espiritual que elas irão receber as boas vibrações, e que os bons espíritos irão até elas levar consolo e a melhora física e espiritual. “Todo pedido é respondido, enviamos orientações e mensagens de estímulo, e encaminhamos cada caso aos grupos de irradiação”, finaliza.

Por Ana Cristina Sampaio.

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.