Leia mais notícias...

Destaque

Amor foi tema do encontro interativo do Pades 

12/07 | Editado por: Ana Cristina Sampaio Alves
Este post já recebeu 156 views
Baixe este post em PDF

Nas palavras do espírito André Luiz psicografadas por Chico Xavier.  o amor é tudo. “Tudo é amor. Até o ódio, o qual julgas ser a antítese do amor, nada mais é senão o próprio amor que adoeceu gravemente”.

O trecho do livro “Apostilas da vida” foi citado por Hebert Tavares durante o encontro virtual do Programa de Acolhimento da Doutrina Espírita (PADES), realizado nesta quarta-feira (8).

Pouco mais de uma dezena de pessoas ingressaram na sala de reunião no aplicativo Zoom, às 20h, para participar desse bate-papo sobre o amor com o palestrante da Comunhão.

Hebert lembrou que, para os cristãos, a primeira mensagem de amor foi trazida por Jesus. Segundo ele, a Boa Nova representa uma transição da figura de um Deus vingativo para a figura do Pai amoroso.

“Existem três níveis de amor”, explicou. O amor Eros, que é o amor físico. Há um segundo nível – o amor Philos –, que é o amor mental. “É uma evolução, mas ainda não é um amor libertador”.

“O terceiro nível”, continuou, “é conhecido como amor Ágape”. É o amor do espírito. “O sentimento de querer o bem é inerente a qualquer ser vivo. Mas se não é algo que liberta, não é amor. É apego”.

Num momento do bate-papo, Hebert propôs um dilema: “Quem você ama mais, seu filho ou seu marido?” “Meu filho”, respondeu uma senhora que participava do encontro ao lado do marido.

Ele perguntou então se, numa próxima vida, os espíritos do seu filho e marido assumissem os papeis um do outro. E concluiu: “Tudo muda quanto olhamos pela perspectiva da vida eterna”.

Numa conversa agradável, Hebert contou varias histórias: da criação do universo até o surgimento da vida na Terra, da Antiguidade até os dias de hoje. Por fim, deu exemplos de que amar depende de muito trabalho e esforço. “Amar não é exigência. Amar é opção”, arrematou.

“Sua explanação foi maravilhosa”, resumiu Edna Narciso, presente no encontro virtual. “Tenho 47 anos de casada, então eu entendo”. E deu seu testemunho de amor: “Não é mentira: nunca dormimos de cara fechada um para o outro”.

A Comunhão Espírita realiza todas as quartas-feiras, às 20h, um encontro interativo pelo aplicativo Zoom, na internet. Gostaria de participar em outro dia da semana ou horário? Escreva um comentário ou envie um e-mail para pades.ceb@gmail.com.

Por Rafael Araújo.

 

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.