Leia mais notícias...

Destaque

Jefferson Bellomo: Deus ajuda as pessoas através das pessoas e talvez esse seja o maior de todos os milagres

06/07 | Editado por: Ana Cristina Sampaio Alves
Este post já recebeu 95 views
Baixe este post em PDF

Na palestra deste domingo (5), transmitida ao vivo pelo canal da Comunhão no YouTube, o orador espírita Jefferson Bellomo abordou o tema “Milagres em nossas vidas”. Jefferson falou sobre como Deus age na vida dos seres humanos e como o Espiritismo mostra essa intervenção divina em nosso auxílio.

O orador iniciou a palestra trazendo a reflexão acerca do significado e do uso da palavra “milagre” em nossas vidas, que normalmente é vinculado a acontecimentos excepcionais. Ele explicou que o Espiritismo não trata esses acontecimentos como sobrenaturais ou como milagres, mas como ações de espíritos desencarnados em auxílio aos encarnados, e que seus efeitos podem ser estudados.

“Se é o mesmo espírito que agia enquanto encarnado e agora age desencarnado, nós estamos falando de um espírito que está na natureza. Portanto, nenhum fenômeno espírita, por mais interessante que seja, por mais fantástico e que chame a atenção, é um fenômeno sobrenatural, porque é um fenômeno que está na natureza. No Espiritismo, não temos seres sobrenaturais, nós temos seres naturais”, explicou o palestrante.

O palestrante ressaltou que sim, existem muitos milagres em nossas vidas e todos acontecem de acordo com a vontade de Deus. Ele falou, ainda, sobre cada ação Divina para que nossa existência seja possível. “Sobre tantas chamadas coincidências para que a vida exista, para que a gente possa estar aqui, para que a gente possa existir enquanto espécie, temos que ver nesses pequenos elementos, nessas pequenas pistas, a mão de Deus”, ressaltou.

Jefferson lembrou também que o amor é o destino para o qual toda a pedagogia divina nos encaminha e que, na visão espírita, é preciso ter o arrependimento e a reparação do erro, que pode ser dolorosa ou virtuosa de acordo com a nossa capacidade de amar. As oportunidades são dadas por Deus para que a gente desenvolva em nós essa capacidade maravilhosa.

“Não tem nada mais bonito que isso. E quanto mais nós amamos, mais nos aproximamos de Deus. Porque, em essência, como encontramos na carta de João, Deus é amor. Deus é justiça, porque, onde há injustiça, não existe amor. Deus é previdência, porque quem ama cuida. Então, sim, existem intervenções divinas nas nossas vidas e elas se dão através das pessoas. Deus ajuda pessoas através das pessoas”.

Jefferson reforçou a responsabilidade de os espíritas atuarem como seres agentes do consolo que a Doutrina oferece, pois, segundo ele, se ficarem indiferentes, não há como o Espiritismo consolar ninguém, já que o consolo é feito por seres humanos, que têm o livre arbítrio e devem dar o seu “sim”. “Somos agentes de transformação. É muito importante encontrarmos consolo no Espiritismo, mas é mais importante, para termos paz, sermos agentes de consolo, uma vez que entendemos a Doutrina e entendemos a proposta do Evangelho”, ressaltou.

O orador salientou a importância dos valores do espírito na promoção da transformação e, não, dos valores humanos. Segundo ele, os valores espirituais são perenes, não mudam nunca, e sempre vão nos deixar alinhados com Deus.

“Quando formos esses agentes de transformação, seremos também agentes de milagres na vida das outras pessoas. Seremos o dedo de Deus levantando aqueles que se encontram caídos, curando aqueles que se encontram enfermos, dando ânimo para os que não têm mais esperança. Pois nós seremos a representação de Deus para essas pessoas. Deus ajuda as pessoas através das pessoas e talvez esse seja o maior de todos os milagres”, disse.

Bellomo finalizou dizendo que todos nós estamos convidados a sermos agentes desse milagre na vida das pessoas e que são os pequenos milagres da vida que a torna possível e muito melhor.

Por Fernanda Pinheiro.

Assista à íntegra da palestra no canal da Comunhão no YouTube.

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.