Leia mais notícias...

Destaque

João Leal: Mantenha a máscara na sua face, mas abra o seu coração

22/06 | Editado por: Ana Cristina Sampaio Alves
Este post já recebeu 76 views
Baixe este post em PDF

Neste domingo (21), o orador espírita João Leal fez uma reflexão sobre o momento em que estamos vivendo, durante palestra “Cuidar mais da vida e menos das coisas”, transmitida ao vivo pelo canal da Comunhão no Youtube.

Ao mostrar a máscara física, que todos estão sendo obrigados a utilizar como forma de proteção à saúde, Leal trouxe reflexão acerca do aprofundamento de nossas atitudes e da remoção da nossa máscara da vida, olhar para quem realmente somos e para quem devemos nos transformar.

Leal lembrou que, quanto mais escura a noite se apresenta, mais as estrelas aparecem com seu brilho, e que nada chega até nós como punição, mas como oportunidade de transformação. Segundo o palestrante, este é um momento único para nos tirar de situações de egoísmo, de orgulho e de vaidade.

“Olhe para as pessoas que estão nos seus ambientes de vida. Tire a visão de si e leve a visão para fora. Mantenha a máscara na sua face, mas abra o coração, que é o farol”, clamou o orador.

Segundo Leal, esse momento em que vivemos é longo porque não conseguimos abrir o coração para perceber a realidade transformadora que nos é colocada. Continuamos arraigados, com o olhar apenas para nós mesmos. “A luz do Universo nos chama para a responsabilidade de que façamos a nossa parte”, ressaltou.

Ele lembrou que a prece é fundamental, pois nos conecta com a energia superior do Universo, mas que é preciso também fazer o trabalho de se movimentar nessa mesma intenção, agregando força e luz ao nosso campo íntimo, nos fazendo merecedores da transformação. Leal enfatizou que a espiritualidade vem em nossa direção quando dela precisamos, mas que ela conta com a nossa colaboração e, por isso, precisamos aproveitar a oportunidade que está nos sendo ofertada.

Leal reforçou a importância do desprendimento das coisas que consomem as nossas horas, o nosso tempo e não nos deixam refletir sobre a grandeza da vida.

O orador encorajou todos a caminharem por uma trajetória de segurança e não de medo. “O objetivo deste momento não é nos assustar, mas nos chamar. É uma luz que se acende na escuridão pela qual caminhamos há muito tempo, mesmo com todas as oportunidades que tivemos. Nunca fomos esquecidos, nós que nos esquecemos”, disse João.

Por Fernanda Quintanilha.

 

 

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.