Leia mais notícias...

Destaque

Namoro e Espiritismo: ‘ficar’ ou não ‘ficar’?

12/06 | Editado por: Ana Cristina Sampaio Alves
Este post já recebeu 196 views
Baixe este post em PDF

O palestrante Roberto Pinheiro fez uma reflexão sobre o tema Namoro e Espiritismo em palestra on-line no canal da Comunhão no YouTube.

Namoro, segundo Roberto, é um relação entre duas pessoas sem o vínculo matrimonial. Mais leve que o casamento, também envolve fidelidade. No entanto, ele alerta: “Hoje em dia, para muitas pessoas, o namoro mudou radicalmente de sentido, e dentre os nomes que o substitui está o ‘ficar’, que vem acompanhado da busca de uma vida sexual ativa”.

Para ele, esse tipo de relacionamento, que tem sido inclusive muito divulgado nas mídias, acaba por se tornar um padrão desequilibrado e devastador. “Isso não é uma colocação religiosa, puritanista, de uma moral ultrapassada”, ressalva Pinheiro.

Para justificar essa assertiva, o orador esclarece que desses envolvimentos superficiais podem surgir dificuldades. “O ato de ficar, que vai do simples beijo à relação sexual, nada mais é do que a banalização do desrespeito ao nosso próximo, que é usado ou usada posteriormente como se fosse algo descartável, facilmente substituível”, sublinha.

Trocar de parceiro como se troca de roupa traz consequências nos campos afetivo e emocional. “Muitos até se vangloriam de terem ficado com mais de um parceiro ou parceira em uma só noite face ao costume social que está em vigor. Por mais que a lógica do costume social justifique o comportamento, não fazem a menor ideia das consequências físicas e espirituais”, afirma.

Vivendo sem relacionamentos duradouros, sem afetividade, com o tempo a pessoa parte para um relacionamento mais sério, mas será que o outro não quer apenas ‘ficar’? Dessa forma, o ‘ficar’ estimula a infidelidade e a ausência de relacionamentos profundos, assegura Roberto Pinheiro.

Por Ana Cristina Sampaio.

Quer assistir à íntegra da palestra? Acesse o link abaixo:

 

 

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.