Leia mais notícias...

Destaque

Do amor: Casais contam como o Espiritismo tem auxiliado neste momento

12/06 | Editado por: Nicole Guimarães
Este post já recebeu 391 views
Baixe este post em PDF

Dados mostram que os índices de separações e divórcios têm aumentado desde o início da pandemia do coronavírus (Covid-19). Com o isolamento social, a convivência das famílias se intensificou e muitos estão encontrando dificuldades para lidar com o momento.

Por isso, contamos a história de quatro casais que estão encontrando auxílio na Doutrina Espírita para passar por este momento com paz e amor. Confira os relatos:

Telma Alves e Osvaldo Alves

Casados há 40 anos, dos quais 30 em contato com o Espiritismo, é no passe virtual da Comunhão Espírita que Telma e Osvaldo encontram a oportunidade para a reflexão e a prece.

“Esse momento é importante para que fiquemos sintonizados com os Espíritos de Luz. É inegável o apoio que a Doutrina Espírita tem proporcionado para o desenvolvimento e a estabilidade da nossa vida conjugal”, contam.

Telma também é trabalhadora ativa da Comunhão. Atua em grupo mediúnico, é conselheira da Casa e uma das integrantes do programa Papo Espírita.

Davi Lima e Gabriela Lima

Foi na época do namoro que Davi apresentou Gabriela à Doutrina Espírita. Ao longo dos 13 anos de casamento, aprenderam juntos que os erros são a oportunidade para melhorar, evoluir, perdoar.

Para eles, a Doutrina Espírita é uma aliada incomparável para  fortalecer o propósito do bem e do amor. “Recebemos de Deus três preciosos filhos e temos a obrigação moral de sermos exemplo para ajudá-los na condução de suas missões/provas no planeta Terra”.

Durante a quarentena, a família Lima se vê mais unida. São situações novas e desafiadoras, mas que, dizem eles, apenas reafirmam todo o sentimento de benevolência e caridade com o próximo.

“Assistimos diariamente aos vídeos da Comunhão e de outros canais espíritas que proporcionam o esclarecimento e a perseverança em nossa reforma íntima. Adoramos os palestrantes”.

Luciana Petry e Hugo Alves

No primeiro ano de casamento, Luciana e Hugo começaram a frequentar a Comunhão Espírita. Iniciaram assistindo algumas palestras nos finais de semana até que viram as inscrições para as turmas do Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita e começaram as aulas toda quarta-feira, às 20h.

Eles comentam que tanto as aulas como as palestras foram importantes para o amadurecimento e fortalecimento do casamento. No momento de isolamento social, eles também têm recorrido ao meio virtual.

“Estamos conseguindo nos manter conectados com a Comunhão virtualmente. De vez em quando assistimos alguma palestra ou live, e todos os domingos assistimos ao Programa do PADES. Em seguida, fazemos o nosso Evangelho no Lar, que fica mais harmônico, e isso tem nos unido cada vez mais e ajudado a lidar com toda essa crise em que estamos vivendo”, diz Luciana.

Isabel Carvalho e Angelo Santos

Isabel conheceu o Espiritismo muito nova e já frequentava a Comunhão antes mesmo de conhecer Angelo, que mudou do Paraná para Brasília em 2006 após a aprovação em concurso público.

Logo quando começaram a namorar Isabel levou-o para assistir às palestras da Casa. “Em 2007, resolvemos  iniciar o Estudo Sistematizado da Doutrina juntos. Íamos todas às segundas-feiras. Aos sábados, ele sempre me acompanhava, pois eu trabalhava como auxiliar de turma, também na Comunhão”.

Eles destacam que a Doutrina ajuda a crescer e a amadurecer como pessoa e, principalmente, como casal. “Ela nos orienta a tentarmos ser pessoas melhores a cada dia e nos sustenta nos momentos de tristezas e dificuldades. Escolhemos o domingo, às 21h, para fazermos a leitura do Evangelho no Lar. Isso nos proporciona momentos de paz, tranquilidade e equilíbrio”, concluem.

Leia mais notícias...

  1. 2 Comentários para “Do amor: Casais contam como o Espiritismo tem auxiliado neste momento”

  2. Lindas histórias que motivam ainda mais seguir nessa jornada terrena e superar os desafios. Pergunto qual acolhimento é fornecido aos que seguem só (dentro dos laços terreno) e que às vezes até são tentados ao desânimo. Estudo o livre-arbítrio, o orai e vigiai, o evangelho no lar, mas gostaria de saber se há um trabalho de estudo ou acolhimento para os trabalhadores ou estudantes da casa, nesse sentido.
    Agradeço a atenção,
    Ana Paula Toledo.

    By Ana Paula Toledo on jun 15, 2020

  3. Olá, Ana Paula! Todas as ações da Comunhão são direcionadas à singularidade do indivíduo. Afinal, a evolução é algo pessoal. No nosso canal do YouTube, tem diversas palestras que podem te auxiliar e te inspirar. Inclusive, durante a semana passada, temas como “onde está minha alma gêmea?” e reforma íntima foram abordados. Confira! Abraços e agradecemos pelo seu comentário.

    By Nicole Guimarães on jun 15, 2020

Você deve logar para postar um comentário.