Leia mais notícias...

Destaque

A espiritualização é que vai preencher nosso vazio existencial

27/05 | Editado por: Ana Cristina Sampaio Alves
Este post já recebeu 117 views
Baixe este post em PDF

Em meio a uma pandemia na saúde, a inquietações morais e políticas, ao aumento da violência e injustiças sociais intensificam-se nossas dúvidas sobre qual o sentido da vida. Por que nascemos nessa família, nesse país e vivemos tais situações? São perguntas para as quais muitos de nós ficam sem resposta e acabam por sentir um vazio existencial causado pela falta de propósito.

Essa foi a temática da palestra O porquê de estarmos aqui nesse momento, ministrada por Claudia Piva na manhã desta quarta-feira (27), no canal da Comunhão no YouTube (link abaixo).

A palestrante explicou que todos esses sentimentos de  insatisfação e angústia gerados por tais questionamentos internos podem nos levar à busca inconsciente pelo poder, notoriedade, aventura, festas e desejos sempre insatisfeitos.  “Queremos algo novo, mas sempre algo material”, diz, referindo-se à intensificação das doenças da alma.

Segundo Claudia Piva, a benfeitora Joanna de Ângelis, ao tratar do vazio existencial, nos fala da importância do autodescobrimento, que está contido na questão 919 de O Livro dos Espíritos. Para a benfeitora, cada um de nós tem uma missão, que não precisa ser necessariamente grandiosa. “A nossa grande e primeira missão é com nossa família”, esclarece Cláudia.

Ela acrescenta que somos importantes e temos que atuar primeiramente para nosso bem-estar e daqueles com quem convivemos. “Joanna chama isso de autoconsciência”, enfatiza.

Como parte da interdependência entre os seres, a participação de cada um é fundamental para fazer o bem, já que nossa meta é o aperfeiçoamento moral.

Sendo assim, Cláudia sublinha que, se estamos encarnados neste momento, é porque temos importância relevante para a transição da Terra para um mundo de regeneração, do qual faremos parte em uma nova encarnação.

“Busquemos a espiritualização, pois é ela que vai preencher esse vazio existencial”, afirma.

Por Ana Cristina Sampaio.

Assista à íntegra da palestra abaixo:

 

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.