Leia mais notícias...

Destaque

As lições da pandemia: “Como imaginar que a transição planetária se daria portas adentro da nossa casa?”

23/04 | Editado por: Ana Cristina Sampaio Alves
Este post já recebeu 701 views
Baixe este post em PDF

A cardiologista e trabalhadora espírita Débora Moraes retorna ao Papo Espírita, desta vez num bate papo virtual, para falar sobre o mundo pós pandemia. Após o programa Coronavírus à Luz da Doutrina Espírita ter explicado a um imenso público o que o vírus significa para a humanidade neste momento, Dra. Débora retorna para nos falar sobre que convite esse isolamento social está a fazer à Terra.

Segundo a médica, Deus não quer nos punir ou castigar, mas nos despertar através da dor e da dificuldade para os valores que precisaremos cultivar nesse mundo de regeneração que vamos adentrar. “A palavra de ordem é mudança. Reinvente-se, modifique seu universo íntimo com virtudes como fraternidade e indulgência. O egoísta não sobreviverá a essa nova Terra”, afirmou.

Para Débora Moraes, o convite para o isolamento social é um grande símbolo  do convite que Deus faz a cada um de nós para nos voltarmos para dentro e desenvolvermos o processo de autodescobrimento. Ela não tem dúvidas de que se trata de uma transição planetária, mas que não virá em forma de cataclismas, mas do que chamou de “tsunamis internos”,  que nos chamam  ao aprofundamento de nossas questões íntimas. A lição da convivência é uma delas, assim como a da economia solidária. “Estávamos vivendo na sociedade da anestesia. Os conflitos familiares ou questões internas eram resolvidos com uma ida ao shopping ou uma viagem”, destacou.

Assim, a pandemia vem para dar uma “sacudida” nessa rota de fuga de nós mesmos que estávamos vivenciando. “Sabemos que a espiritualidade tem envidado esforços para que o processo respeite a lei de causa e efeito, mas com todo o amparo necessário”, garante Dra. Débora, que explica que já estava programado o desencarne coletivo.

Estamos sendo chamados, portanto, a vivenciar a espiritualidade que viemos construindo ao longo dos tempos. “Deus nos convida a demonstrar o quanto de Cristianismo existe em nós”, sublinha.   E questiona: “Como poderíamos imaginar que a transição planetária se daria portas a dentro da nossa casa?”

Assista ao bate papo completo no link abaixo:

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.