Leia mais notícias...

Artigos

A vida sempre exigirá de nós

01/04 | Editado por: Nicole Guimarães
Este post já recebeu 346 views
Baixe este post em PDF

Gripe espanhola, peste negra, guerras mundiais. E a humanidade sempre sobreviveu. Se, por um lado, somos frágeis como indivíduos, em relação à espécie, somos fortes. Estamos em todos os continentes, enviamos satélites artificiais para o espaço, chegamos na lua!

Veja: A raça humana é capaz de superar os piores momentos e, a partir deles, de construir os maiores aprendizados.

Não cai uma folha da árvore sem a autorização do Pai. Por isso, não estando no nosso destino, não ocorrerá nenhuma fatalidade. Lembre-se de que o Espiritismo é fé raciocinada. Não estamos a mercê da sorte ou do azar. Epidemias e situações de crise fazem parte da humanidade desde os tempos primórdios.

Deus conhece nossos corações, somos pessoas em processo de aprendizagem e de evolução. Já parou para pensar que, caso a colheita fosse feita agora, muitos frutos verdes seriam ceifados antes do tempo? Não estamos vivendo nenhum período mais grave que o natural para um momento de provas e expiações. Somos espíritos sendo lapidados.

Tentemos acender a luz dentro de nós para sermos agentes de consolo com o próximo. Aonde estão as bases da nossa fé? Elas precisam ser fortalecidas a cada dia, de forma serena e de semente a semente.

Então, não se esqueça: Sempre haverá momentos difíceis em que a vida exigirá toda nossa capacidade de resistência. Não alimentemos nossa vida com problemas que não nos pertencem. Vamos fazer valer o nosso tempo, nossos estudos e a sementinha que foi plantada nos nossos corações.

Às vezes, a tempestade está ali, nas ondas, e o leito do oceano não se abala, continua calmo. Isso porque ele repousa em bases sólidas.

*Por Nicole Guimarães. Texto produzido com base na palestra “Não se turbe o vosso coração”, de Jefferson Bellomo, disponível aqui.

 

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.