Leia mais notícias...

Geral

A automutilação entre jovens é o tema do Papo Espírita

26/03 | Editado por: Ana Cristina Sampaio Alves
Este post já recebeu 205 views
Baixe este post em PDF

Um em cada cinco adolescentes ou jovens adultos no mundo se automutila. Esse número é muito maior que os acometidos por dengue, coronavírus ou qualquer outra doença.

Automutilar-se envolve cicatrizes, cortes, queimaduras. Estas lesões, praticadas repetidamente, não têm a intenção de chamar a atenção, representam antes, uma forma de controlar as emoções, ansiedades, raiva, sensação de vazio… uma expressão de grande mal-estar interno, como forma de aliviar fisicamente a dor – que é psicológica e emocional.
Para falar sobre essa realidade e como a Comunhão Espírita vem auxiliando a quem a procura com esse quadro, convidamos o trabalhador espírita João Leal, conselheiro na Comunhão e responsável pelo Projeto de Solidariedade Ação Brasil Sem Dor, que busca combater a automutilação em jovens e crianças.

Perguntamos a João Leal como os pais podem identificar a automutilação nos filhos, como buscar ajuda e o que fazer nesses casos. Confira:

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.