Leia mais notícias...

Geral

Psicólogo Pedro Paulo Záu dá dicas de como cuidar da saúde emocional em Live da Comunhão

23/03 | Editado por: Ana Cristina Sampaio Alves
Este post já recebeu 491 views
Baixe este post em PDF

O psicólogo clínico e trabalhador espírita Pedro Paulo Záu fez na noite deste domingo (23) uma Live (transmissão ao vivo) no canal da Comunhão no Instagram, com intermediação das jornalistas Waleska Maux e Isabel Carvalho. O tema foi a saúde emocional em tempos de isolamento social. Os internautas fizeram perguntas ao vivo.

Entre as principais questões abordadas por Pedro Paulo estão:

1 – Em tempos de crise, não tomar decisões apressadas, manter a serenidade. “Que possamos nos abter de tomar decisões precipitadas e impulsivas que vão impactar nossas vidas nos próximos 60 dias. Precisamos ter paciência e tolerância”, disse.

2 – Muitas pessoas estão sendo desafiadas a conviver forçadamente com familiares com os quais possuem dificuldades de relacionamento.  “Estamos sendo convocados a uma prova, a nos superarmos”. Esse, segundo ele, é o exercício de cada um de nós. “Precisamos ir além em termos de tolerância e paciência”, enfatizou.

3 – É preciso recordar momentos de muita angústia e aflição que vivemos no passado e conseguirmos superar. “Que mecanismos e pensamentos eu utilizei naquela ocasião para  dar conta no passado?”, orientou. Para Pedro Paulo, o problema é sério, mas tem um tamanho real. É preciso se perguntar se estamos aumentando o problema. “É importante olhar para dentro de si e para os potenciais que estão subutilizados. Temos capacidade de suportar tudo isso. Mais do que nunca, é hora de nossa fé funcionar. Esse é o maior exercício”, sublinhou.

4 -A ansiedade e o medo são naturais e devem ser aceitas, porém não podem tomar conta de você. Daí a necessidade da fé. “É importante que utilizemos a fé para dar um limite à nossa ansiedade”, disse. Precisamos fazer um trabalho mental de controlar os pensamentos para evitar o medo.

5 – Como ser sereno quando a rotina muda de forma tão brusca? “Temos que nos reinventar, ter calma e compreender que todo ciclo novo tem um processo de adaptação”, informa o psicólogo.   Ele sugere dividir nossas metas em períodos curtos de tempo. “Um dia de cada vez”.

6 – Conviver com as crianças, ao invés de colocá-las na frente da TV ou no computador, é também um desafio positivo. Ele sugere dar passe nos filhos. “Faça uma oração antes deles dormirem e passe a energia, de forma que eles se acalmem”.

7 – Sobre a Doutrina Espírita nos dizer que não existe acaso, Pedro Paulo afirma: “Estamos no momento de reajuste. Quem tiver que desencarnar, irá. Não é a preocupação, mas a previdência, que fará a diferença. Ele complementa: “Olhe para si”, no  sentido de que ao ficarmos bem, deixaremos aqueles ao redor bem também.

8 – Para os que estão em trabalho psicoterápico ou medicamentoso, ele sugere não interrompê-lo. Consultas on-line são uma possibilidade. “Existem profissionais que estão atendendo gratuitamente pela internet. Vale a pena buscar essa informação”.

9 –  Para queles que ficam preocupados com os demais que estão nas ruas, o psicólogo diz ser fundamental focar em si. “Eu tenho que me proteger e estar em casa”.  Para ele, a fé raciocinada deve prevalecer diante das emoções.

Pedro Paulo acredita que a pandemia está apressando a evolução da humanidade. “Estamos vivendo em 15 dias o que poderíamos levar 15 séculos”.  Acompanhe a íntegra da Live.

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.