Leia mais notícias...

Geral

Alberto Almeida lota auditório da Comunhão com a palestra “Cuide de sua criança interior”

07/02 | Editado por: Nicole Guimarães
Este post já recebeu 350 views
Baixe este post em PDF

Curar nossa criança interior ferida, dando-lhe atenção, amor e levando-a ao encontro de Jesus é a proposta do palestrante e médico espírita Alberto Almeida para que nos tornemos adultos saudáveis e emocionalmente equilibrados. Somente com essa atitude, focada no autoconhecimento e no autoamor, poderemos ressignificar as experiências negativas que marcaram nossa infância e olhar a vida com mais beleza e amorosidade.

A abordagem, normalmente restrita aos consultórios de psicologia, foi trazida para a Comunhão Espírita de Brasília, pelo médico paraense, no último domingo (2/2), às 17h30, com a palestra “Cuide de sua criança interior”. Com auditório lotado, o evento foi transmitido ao vivo pela TV web da Comunhão.

“Dentro de você existe uma criança interior ferida que você nem se dá conta”, advertiu o expositor Alberto Almeida, diretor da Associação Médico-Espírita do Pará e da instituição filantrópica Jardim das Oliveiras.

Segundo ele, fatos que ocorreram em nossas infâncias e geraram dores emocionais, como não se sentir amado, respeitado ou ter sido abandonado pelos pais, por exemplo, afetam o desenvolvimento da criança.

“Uma vez gerado o conflito, ele repercutirá em todas as fases de nossas vidas: da adolescência à velhice, sobrepondo-se até mesmo à morte do corpo físico”, explicou o médico.

Cuide de sua criança ferida 

Mas como perceber essa criança interior ferida? Segundo Alberto Almeida, ela se manifesta em várias situações: nas compulsões por sexo, comida, álcool, drogas ou mesmo durante uma agressão física ou psicológica. “Muitas desses conteúdos estão relacionados à nossa criança ferida. Eles ocorrem para apagar ou diminuir a dor que carregamos na alma”, explicou.

“Por mais bem intencionados que foram os nossos pais – e que sejamos nós agora, como pais –, nem sempre o amor e o cuidado que a criança necessita são preenchidos adequadamente, pois como espíritos aprendizes temos ainda muitas limitações”, ponderou o palestrante.

“Por trás de uma pessoa que fere sempre há uma criança ferida. Quando percebemos isso, passamos a ser mais tolerantes com os outros, pois identificamos a criança carente que precisa de atenção e amor”, sublinhou  Alberto Almeida, contando como ele próprio precisou curar a sua criança interior e ressignificar muitos conflitos de infância.

Leve sua criança ao encontro de Cristo     

O médico alertou que essas dores da alma podem ocasionar doenças físicas, mentais e transtornos psíquicos graves. Ele disse que não dá mais para adiar um convite feito à humanidade há mais de 2 mil anos.

“Em uma época com altas taxas de depressão e suicídio, é hora de levar nossa criança interior ao encontro de Jesus. Esse exercício é uma atitude de cura; mais cedo ou mais tarde essa criança vai começar a brilhar “, encorajou Alberto Almeida.

Ele destacou o trecho do Evangelho em que Jesus diz aos apóstolos: Deixai vira mim as criancinhas e não as impeçais, pois delas é o Reino dos Céus.

A cura que transforma

A cura da criança interior que se conecta com o Cristo, segundo Alberto Almeida, resgata o auto- amor e transforma por completo a vida do adulto e suas relações afetivas.

 A pessoa fica mais leve, mais amorosa, compreensiva, indulgente, tolerante e bem-humorada. “Um bom exemplo é Chico Xavier, que estava sempre de bom-humor, com suas tiradas inteligentes”, exemplificou o palestrante.

Jesus é o norte 

Para finalizar, ele recitou o poema Meditação de Natal, do espírito Maria Dolores, psicografado por Chico Xavier, em que a autora espiritual enaltece a importância de Jesus como o norte de nossas vidas.

Texto: Arlinda Carvalho

Fotos: Sylvia Sílvia

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.