Leia mais notícias...

Geral

Histórias que os fundadores contaram: Comunhão comemora 59 anos nesta quinta (16)

14/01 | Editado por: Ana Cristina Sampaio Alves
Este post já recebeu 605 views
Baixe este post em PDF

A Comunhão Espírita de Brasília comemora 59 anos de fundação nesta quinta-feira, dia 16 de janeiro. Para celebrar a data, a Casa convidou a trabalhadora espírita Germana Carsten para uma palestra sobre as Histórias que os fundadores contaram.

Com harmonização do Coral Elos de Luz, o evento será às 20h, no salão Bezerra de Menezes.

Haverá transmissão ao vivo pelo canal da Comunhão no YouTube.

Histórico

A Comunhão Espírita de Brasília iniciou seus trabalhos numa residência na Av. W-3 Sul na quadra 712.

Logo, por oferecimento do casal Mário e Irene Carvalho, a Comunhão transferiu-se, sem qualquer custo em aluguel, para a sobreloja da antiga Casa do Barata (W3 Sul – 506), dando início à venda de livros espíritas, socorro domiciliar após as sessões, caravanas às cidades-satélites levando gêneros às famílias necessitadas. Em seguida, foi criada a Mocidade Espírita, sob a presidência de Erasmo Cravo.

O primeiro presidente eleito foi Dálio Mendonça (gestão de um ano e meio), sendo substituído pelo vice Benoni Baptista. O período seguinte foi liderado por Benoni Baptista, como presidente, e Mário Carvalho, vice-presidente.

A Comunhão atende, a cada mês, aproximadamente 50 mil pessoas. Conta com mais de 3 mil médiuns em atividade. A área de Estudo Sistematizado conta com aproximadamente 2.300 integrantes, entre participantes e dirigentes. Enquanto o Departamento da Infância e Juventude atende a 600 crianças e jovens. A área de Atendimento e Orientação possui quadros específicos de orientadores, atendentes e trabalhadores voluntários, somando centenas de pessoas.

A sede atual possui 6.500 m2, distribuídos em cinco andares, que abrigam livraria, auditórios, salas de estudo e de trabalho.

 

 

 

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.