Leia mais notícias...

Eventos

“A libertação da alma enferma somente ocorrerá pela prática do Evangelho de Jesus”

12/08 | Editado por: Ana Cristina Sampaio Alves
Este post já recebeu 193 views
Baixe este post em PDF

Alma Enferma foi o tema da palestra que Antonio Ribeiro Junior,  trabalhador no Centro Espírita Jardim da Alma,  em São Luís do Maranhão, realizou na sexta, dia 9 de agosto, na Comunhão Espírita de Brasília.

Almas enfermas são todas aquelas que infringiram a lei do amor, ou seja, todos nós que precisamos dos ensinamentos do médico das almas, Jesus, iniciou o palestrante.

Criados simples e ignorantes, os espíritos necessitam da experiência na matéria para conhecer o bem e o mal. De acordo com Antonio Ribeiro, os espíritos muito atrasados moralmente perderão a sintonia com a Terra na passagem para o mundo de regeneração, e serão encaminhados a outros mundos. “A  lei de livre arbítrio permite a expiação correspondente de acordo com o conhecimento moral de que já dispõe o espírito”, informou. No entanto, ele alertou para o fato de que o que está caído hoje pode estar na nossa frente amanhã, já que o mal, como ignorância do bem, depende do avanço individual de cada espírito.

Após a morte do corpo, explicou o orador, nosso perispírito é atraído para regiões com as quais sintoniza. “Os que carregam um  perispírito   mais denso irão para a região do umbral. Já os  mais adiantados moralmente possuem um perispírito mais leve”. Nesse sentido, Antonio Ribeiro afirmou: “Mente sadia, perispírito sadio, corpo sadio”. E complementou: “Se elevarmos a frequencia de nossos pensamentos, estaremos libertos”.

Para finalizar, o orador esclareceu que a libertação da alma enferma somente ocorrerá pela prática do Evangelho de Jesus. “Amando e perdoando, vamos cessar o sofrimento na Terra”, concluiu.

Por Ana Cristina Sampaio

Assista à palestra completa:

 

 

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.