Leia mais notícias...

Matérias

Gravação de filme de Divaldo Franco movimenta Salvador

14/07 | Editado por: Ana Cristina Sampaio Alves
Este post já recebeu 285 views
Baixe este post em PDF

 

Durante esta semana, pontos importantes no Centro Histórico de Salvador se transformaram em cenário de uma produção cinematográfica sobre a vida do maior médium espírita brasileiro vivo, Divaldo Franco. O longa-metragem ficcional, batizado provisoriamente de “Divaldo – O filme”, deve ser lançado em maio do próximo ano, quando o líder espírita completará 92 anos.

O filme, que é uma coprodução entre os estúdios Fox, as produtoras CINE e Estação Luz Filmes, é dirigido por Clovis Melo e contará a vida do médium desde a juventude até a fundação da Mansão do Caminho, obra social do Centro Espírita Caminho da Rendenção, criado por Divaldo em 1947.

As gravações em Salvador foram inciadas no último fim de semana e serão encerradas neste domingo (15). Por conta das gravações, até domingo, haverá intervenções no trânsito na região.

divaldo franco

Na próxima semana, a equipe parte para São Paulo, onde vai recriar as grandes conferências comandadas pelo médium no auge da carreira dele como palestrante. As filmagens serão encerradas no final deste mês e, em novembro, o filme deve ser finalizado e entregue à Fox.

A montagem, que é inspirada no livro “Trajetória de Um dos Maiores Médiuns de Todos os Tempos”, da escritora Ana Landi – que também atua como consultora do filme -, já tem nomes como Bruno Gracia, Laila Garin e Regiane Alves confirmados no elenco.

A ideia de levar a vida de Divaldo para as telas, de acordo com o diretor executivo da Estação Luz, Sidney Girão, veio à tona em 2014, quando a produtora iniciou visitas à Mansão do Caminho.

“A intenção é mostrar a vida deste ser humano que é um grande humanista, uma pessoa que é um exemplo para humanidade, que nos motiva a ser melhor”, disse o diretor executivo

A posição de Divaldo na obra cinematográfica não é apenas a de homenageado. Segundo Girão, o médium ajudou a equipe na execução do roteiro, forneceu informações importantes e conferiu à história um tom mais leve, divertido. “Divaldo é uma pessoa descontraída e ajudou no tratamento do roteiro, pontuando passagens engraçadas e deixou o trabalho muito mais leve e agradável”, contou.

O primeiro contato do médium com a produtora se deu 2008, quando lhe foi apresentada a primeira versão da produção cinematográfica “Bezerra de Menezes”, que conta a história de outro expoente da doutrina espírita. “Ele assistiu a primeira versão de ‘Bezerra de Menezes’ e fez críticas construtivas importantíssimas. Quando contamos sobre a intenção de retratar a vida dele, ele foi um grande incentivador”, afirmou.

Biografia

Divaldo Franco tem 91 anos e é um dos grandes nomes do espiritismo em todo o mundo. Nascido em Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador, o médium mudou-se para Salvador em 1945, onde trabalhou como escriturário.

Em 1947, Divaldo fundou o Centro Espírita Caminho da Redenção, primeiro passo para a criação da Mansão do Caminho, instituição que acolhe, desde 1952, crianças e jovens oriundas de baixa renda em regime de semi-internato e externato.

Orador com mais de 13 mil conferências, em mais de duas mil cidades em todo o Brasil e em 65 países, Divaldo já recebeu mais de 600 homenagens de instituições culturais, sociais, religiosas, políticas e governamentais. Como médium, publicou 255 livros, com mais de oito milhões de exemplares, com versões para 17 idiomas.

Fonte: G1 | Luana Almeida

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.