Mensageiro » Blog Archive » Aula inaugural do ESDE abre os estudos do primeiro semestre de 2018
Leia mais notícias...

Geral

Aula inaugural do ESDE abre os estudos do primeiro semestre de 2018

21/02 | Editado por: Isabel Carvalho | Atualizado por: Ana Cristina Sampaio Alves
Este post já recebeu 248 views
Baixe este post em PDF

A tradicional aula inaugural promovida pela Diretoria de Estudos Doutrinários (DED) aconteceu na noite de domingo (18/02), no auditório Bezerra de Menezes, na Comunhão Espírita de Brasília. Na ocasião, o Coral Elos de Luz fez uma apresentação para harmonizar o ambiente antes da peça de teatro elaborada e interpretada pelos próprios alunos da Casa.

Também estiveram presentes, durante o evento, alunos, dirigentes da DED, demais trabalhadores e visitantes. Na abertura, a diretora da DED, Marta Caldas, leu um trecho do Evangelho Segundo o Espiritismo e pediu que todos os presentes levassem a reflexão trazida durante toda a semana. “O Cristo Consolador” – ESE Cáp. VI, Item VI.

 A história da peça, que pode ser assistida completa aqui,  é sobre o personagem Samuel, futuro aluno do ESDE, que procurou a casa espírita para ajustar e equilibrar a sua vida, após ter perdido emprego, tendo vivido também um período de afastamento do lar pela esposa e filho.

Após a apresentação, o presidente da Comunhão Adilson Mariz  agradeceu a presença de todos e elogiou o trabalho elaborado pelos alunos e pela DED. Afirmou que “aqui é uma casa que abre a porta para nos descobrimos como seres humanos. Há 29 anos, eu estava aí onde vocês se encontram, no meu primeiro contato com o ESDE. Este ano, o ESDE completa 35 anos e muitos corações foram transformados por uma mensagem que está sempre a nos convidar a uma reflexão maior”, disse durante o encerramento dos trabalhos.

Segundo Mariz, é preciso coragem para enfrentar a si mesmo e as emoções precisam cada vez mais de equilíbrio.

“ Precisamos mudar a nossa postura, controlar a nossa ansiedade em todos os instantes. A mensagem trazida pelos meninos nos falam do plano espiritual. Sabermos que a nossa vida não se passa apenas nesta existência e, sim, que há algo muito maior do outro lado. O conhecimento nos abre fronteiras, mas temos que vivenciá-los. Sem a vivência no nosso dia a dia, sem colocar o sentimento naquilo que nós já sabemos, demos apenas um passo e a responsabilidade será maior”, finalizou.

Por Isabel Carvalho

Foto: Rodrigo Ribeiro

Leia mais notícias...

Você deve logar para postar um comentário.