Notícias sobre: ‘Notícias’

Abertas inscrições para o Estudo a Distância sobre o Evangelho Segundo o Espiritismo

segunda-feira, junho 24th, 2019 658 views

Baixe este post em PDF

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estão abertas as inscrições do segundo semestre para o Estudo a Distância (EAD) sobre “O Evangelho Segundo o Espiritismo”. Os interessados têm até o dia 20 de julho para se inscrever no site da Comunhão Espírita de Brasília.

Os cursos terão início no dia 3 de agosto de 2019, e a confirmação da matrícula será enviada por e-mail até o dia 2.
“O objetivo dos cursos, que seguirão até 7 de dezembro de 2019, é ajudar na compreensão dos ensinamentos morais de Jesus Cristo à luz do Espiritismo e incentivar o aluno a praticá-los na vida diária”, explica o coordenador do Núcleo de Ensino a Distância da Comunhão Espírita de Brasília, Alaciel Franklin Almeida.

Segundo o dirigente, o programa já atendeu cerca de 1.900 alunos. “Os requisitos mínimos para o aprendizado são ter acesso à internet, ter disponibilidade para estudar 5 horas semanais e ter, no mínimo, 16 anos”, informa o coordenador do EAD.

O estudo é gratuito e estão disponíveis os seguintes cursos:

· Capítulo VII: Bem-aventurados os pobres de espírito;
· Capítulo VIII: Bem-aventurados os que têm puro o coração;
· Capítulo IX: Bem-aventurados os brandos e pacíficos;
· Capítulo X: Bem-aventurados os que são misericordiosos;
· Capítulo XI: Amar o próximo como a si mesmo.

Como se inscrever

Na página principal do site da Comunhão, clicar no ícone “Estudos doutrinários”, depois clicar em “EAD”. Ler as instruções e clicar no formulário adequado: “EAD-Novo aluno”, se você nunca fez curso EAD na Comunhão ou “EAD-aluno já existente”, se você já fez cursos EAD na Comunhão.

Estudo a Distância: Evangelho Segundo o Espiritismo

Inscrições: até 20/7/2019, no site da Comunhão
Duração dos cursos: de 3/08 a 7/12/2019

O curso é gratuito. Inscrevam-se! Não percam essa oportunidade de estudar os ensinamentos de Jesus e colocá-los em prática!



Programa Conversando com Mayse será realizado ao vivo na Comunhão

sexta-feira, maio 31st, 2019 224 views

Baixe este post em PDF

Após dois anos de existência e com mais de 850 mil acessos, o programa Conversando com Mayse chegará a sua centésima edição.

Em comemoração, no dia 21 de junho, com o tema O Jogo do Contente, o programa será realizado ao vivo, às 20 horas, no Auditório Bezerra de Menezes, na Comunhão Espírita de Brasília. O programa também será transmitido pelo canal da Comunhão no YouTube.

Pessoas de todo o Brasil e de diversas partes do mundo como China, Japão, EUA, Canadá, Irlanda, Alemanha, Inglaterra ,Holanda, França, Itália e Noruega, acompanham o programa e interagem com Mayse Braga por meio de e-mails e cartas, que são respondidos pela médium.

Você não pode perder!



Comunhão participa agora da homenagem a Allan Kardec no Senado Federal

segunda-feira, maio 13th, 2019 154 views

Baixe este post em PDF

A Comunhão Espírita de Brasília participa, juntamente com renomados palestrantes espíritas como Haroldo Dutra, Nazareno Feitosa e Jack Darsa, da sessão em homenagem a Allan Kardec no Senado Federal.

Acompanhe ao vivo:

https://www.senado.gov.br/noticias/tv/web/views/Display.asp?canalnro=15&autoplay=true

 



Você critica os outros?

terça-feira, abril 30th, 2019 275 views

Baixe este post em PDF

Em Caminhando com Jesus, o orador espírita Jack Darsa aborda um capítulo do livro As Dores da Alma, do espírito Hammed, acerca da crítica. Acompanhe:



16° Ato em Defesa da Vida

quarta-feira, abril 24th, 2019 110 views

Baixe este post em PDF



As lições de Chico Xavier e Allan Kardec contadas por Mayse Braga e Marcel Souto Maior          

sexta-feira, abril 19th, 2019 496 views

Baixe este post em PDF

 

 

 

No domingo (21), a Comunhão Espírita de Brasília preparou uma programação especial para os frequentadores da Casa e todas as pessoas interessadas em cultivar o bem e aprender com os exemplos de amor e caridade deixados por  Allan Kardec e Chico Xavier.

Às 18 horas, no salão Bezerra de Menezes, a palestrante Mayse Braga e o jornalista e escritor Marcel Souto Maior – autor das biografias do médium mineiro e do  decodificador da Doutrina Espírita – estarão na Comunhão para falar sobre “As lições de Chico Xavier e Allan Kardec”.

Com experiências de vida e perfis diferentes, os dois palestrantes imprimirão aos seus relatos sentimentos e emoções que impactaram suas vidas – e a de milhares de pessoas que descobriram o valioso legado deixado por esses dois expoentes do espiritismo.

Com boa dose de humor, característica marcante de Mayse, e com o rigor (ao mesmo tempo científico e lírico) do escritor Marcel, as lições de Kardec e Chico contadas por eles levarão todos a refletir.

Após a exposição, haverá uma sessão de perguntas e respostas com os palestrantes.

Confira trechos da entrevista concedida à Comunhão pelo jornalista, escritor e roteirista Marcel Souto Maior:

No domingo (21/4), você e Mayse Braga estarão na Comunhão Espírita de Brasília para falar sobre “As lições de Chico Xavier e Allan Kardec”. Poderia nos adiantar como será esse duo?

Marcel Souto Maior – No domingo terei o prazer de estar com Mayse de novo, na Comunhão Espírita, que é uma Casa muito importante para mim. Eu contarei algumas histórias; a Mayse contará outras, baseadas em sua convivência incrível com o universo espírita. Então iremos costurar esses nossos testemunhos para tentar levar aos frequentadores da Comunhão Espírita um pouco de Chico e um pouco de Kardec, que eles já conhecem tão bem.

O que mais o impactou, na sua vida pessoal e profissional, ao se dedicar aos estudos da obra e vida de Chico Xavier e Alan Kardec?

Marcel –  Acho que foi a percepção de que precisamos cuidar muito dessa nossa passagem por aqui [no Planeta Terra]. Na verdade, nós precisamos estar mais atentos ao outro. Com certeza, o contato com as histórias de Chico e de Kardec me tornaram uma pessoa menos egoísta. E eu digo isso modestamente, mas é verdade. Tem duas frases de Chico que me marcaram muito.

Uma vez eu perguntei para ele: “Chico, por que você não aceita reverter uma pequena parcela dos direitos autorais de seus livros  para  sua obra filantrópica? assim você não precisaria tanto das doações de suas campanhas beneficentes”.

Aí ele respondeu: olha, os livros não me pertencem, eu não escrevi nada; eles, os espíritos escreveram. Depois ele parou um pouquinho e falou assim: e graças a Deus aprendi a viver apenas com o necessário.

 Eu acho que essa frase é muito forte, porque muitas vezes a gente se perde correndo atrás de necessidades que não são reais. E o tempo que a gente perde com isso, e o quanto a gente se frustra nessa busca […].

Agora eu tomo muito mais cuidado com o que faço do meu tempo; eu tomo mais cuidado com o outro. O contato com a trajetória desses dois missionários, na verdade, me trouxe esse ganho.

 

Da sua convivência pessoal com Chico, qual o fato ou a situação que mais o marcou?

Marcel – O impressionante em  Chico era a maneira amorosa, afetuosa como ele tratava todo mundo que dele se aproximava.  As pessoas chegavam, beijavam a mão do Chico e ele retribuía, beijando a mão da pessoa também. Tinha uma paciência que parecia infinita, imensa, e essa frase sábia: graças a Deus aprendi a viver apenas com necessário.

Certa vez ouvi um fazendeiro ao lado dele dizer: “olha, Chico, não sei o que está acontecendo comigo, porque eu tenho o que você imaginar; tenho uma família maravilhosa; tenho dinheiro pra fazer o que eu quiser e na hora que desejar; posso viajar para onde eu quiser, a qualquer hora do dia; eu tenho tudo, mas eu sou muito infeliz”.

A impressão que eu tive foi a de que o fazendeiro esperava alguma resposta mágica […]. E Chico respondeu: o que falta ao senhor é a alegria do outro, a alegria de fazer bem ao outro.

Essa resposta mostrou que aquele fazendeiro estava muito desconectado dos valores que realmente importam. É a sabedoria de Chico. Ela me acende luzes em alguns momentos da vida.

Você também estará presente no 5º Congresso Espírita do Distrito Federal, que acontecerá de 19 a 21 de abril, no Centro de Convenções de Brasília, com o tema: Eu e Deus, como estamos? Qual será sua participação no encontro?

Marcel – Eu vou participar de uma mesa com o diretor Wagner de Assis [diretor dos filmes “Nosso Lar” e “Kardec”]. Nós iremos apresentar um trailer do filme “Kardec’, que estreia nas bilheterias dia 16 de maio, e falar um pouco sobre a cinebiografia de Kardec. Depois irei participar de uma entrevista com Saulo Gomes [jornalista e escritor, autor do livro “As Mães de Chico Xavier”], que é uma referência muito importante para mim.

Irei contar o que eu aprendi com Chico e Kardec e relatar fenômenos que vivi (e que de vez em quando compartilho com público). Falarei  também sobre o que mudou em mim nesses anos de tanto estudo e tanta escrita sobre os dois.

Vai ser um mergulho nesse universo que é tão importante para mim. E acho que será importante para muita gente depois que o filme “Kardec” for às telas, em 16 de maio.

Anote em sua agenda:

“As lições de Chico Xavier e Allan Kardec”

Palestrantes: Mayse Braga e Marcel Souto Maior

 Data: Domingo (21/4), às 18 h

Local: Comunhão Espírita de Brasília (Salão Bezerra de Menezes)

Texto: Arlinda Carvalho