Notícias sobre: ‘Notícias’

As lições de Chico Xavier e Allan Kardec contadas por Mayse Braga e Marcel Souto Maior          

sexta-feira, abril 19th, 2019 277 views

Baixe este post em PDF

 

 

 

No domingo (21), a Comunhão Espírita de Brasília preparou uma programação especial para os frequentadores da Casa e todas as pessoas interessadas em cultivar o bem e aprender com os exemplos de amor e caridade deixados por  Allan Kardec e Chico Xavier.

Às 18 horas, no salão Bezerra de Menezes, a palestrante Mayse Braga e o jornalista e escritor Marcel Souto Maior – autor das biografias do médium mineiro e do  decodificador da Doutrina Espírita – estarão na Comunhão para falar sobre “As lições de Chico Xavier e Allan Kardec”.

Com experiências de vida e perfis diferentes, os dois palestrantes imprimirão aos seus relatos sentimentos e emoções que impactaram suas vidas – e a de milhares de pessoas que descobriram o valioso legado deixado por esses dois expoentes do espiritismo.

Com boa dose de humor, característica marcante de Mayse, e com o rigor (ao mesmo tempo científico e lírico) do escritor Marcel, as lições de Kardec e Chico contadas por eles levarão todos a refletir.

Após a exposição, haverá uma seção de perguntas e respostas com os palestrantes.

Confira trechos da entrevista concedida à Comunhão pelo jornalista, escritor e roteirista Marcel Souto Maior:

No domingo (21/4), você e Mayse Braga estarão na Comunhão Espírita de Brasília para falar sobre “As lições de Chico Xavier e Allan Kardec”. Poderia nos adiantar como será esse duo?

Marcel Souto Maior – No domingo terei o prazer de estar com Mayse de novo, na Comunhão Espírita, que é uma Casa muito importante para mim. Eu contarei algumas histórias; a Mayse contará outras, baseadas em sua convivência incrível com o universo espírita. Então iremos costurar esses nossos testemunhos para tentar levar aos frequentadores da Comunhão Espírita um pouco de Chico e um pouco de Kardec, que eles já conhecem tão bem.

O que mais o impactou, na sua vida pessoal e profissional, ao se dedicar aos estudos da obra e vida de Chico Xavier e Alan Kardec?

Marcel –  Acho que foi a percepção de que precisamos cuidar muito dessa nossa passagem por aqui [no Planeta Terra]. Na verdade, nós precisamos estar mais atentos ao outro. Com certeza, o contato com as histórias de Chico e de Kardec me tornaram uma pessoa menos egoísta. E eu digo isso modestamente, mas é verdade. Tem duas frases de Chico que me marcaram muito.

Uma vez eu perguntei para ele: “Chico, por que você não aceita reverter uma pequena parcela dos direitos autorais de seus livros  para  sua obra filantrópica? assim você não precisaria tanto das doações de suas campanhas beneficentes”.

Aí ele respondeu: olha, os livros não me pertencem, eu não escrevi nada; eles, os espíritos escreveram. Depois ele parou um pouquinho e falou assim: e graças a Deus aprendi a viver apenas com o necessário.

 Eu acho que essa frase é muito forte, porque muitas vezes a gente se perde correndo atrás de necessidades que não são reais. E o tempo que a gente perde com isso, e o quanto a gente se frustra nessa busca […].

Agora eu tomo muito mais cuidado com o que faço do meu tempo; eu tomo mais cuidado com o outro. O contato com a trajetória desses dois missionários, na verdade, me trouxe esse ganho.

 

Da sua convivência pessoal com Chico, qual o fato ou a situação que mais o marcou?

Marcel – O impressionante em  Chico era a maneira amorosa, afetuosa como ele tratava todo mundo que dele se aproximava.  As pessoas chegavam, beijavam a mão do Chico e ele retribuía, beijando a mão da pessoa também. Tinha uma paciência que parecia infinita, imensa, e essa frase sábia: graças a Deus aprendi a viver apenas com necessário.

Certa vez ouvi um fazendeiro ao lado dele dizer: “olha, Chico, não sei o que está acontecendo comigo, porque eu tenho o que você imaginar; tenho uma família maravilhosa; tenho dinheiro pra fazer o que eu quiser e na hora que desejar; posso viajar para onde eu quiser, a qualquer hora do dia; eu tenho tudo, mas eu sou muito infeliz”.

A impressão que eu tive foi a de que o fazendeiro esperava alguma resposta mágica […]. E Chico respondeu: o que falta ao senhor é a alegria do outro, a alegria de fazer bem ao outro.

Essa resposta mostrou que aquele fazendeiro estava muito desconectado dos valores que realmente importam. É a sabedoria de Chico. Ela me acende luzes em alguns momentos da vida.

Você também estará presente no 5º Congresso Espírita do Distrito Federal, que acontecerá de 19 a 21 de abril, no Centro de Convenções de Brasília, com o tema: Eu e Deus, como estamos? Qual será sua participação no encontro?

Marcel – Eu vou participar de uma mesa com o diretor Wagner de Assis [diretor dos filmes “Nosso Lar” e “Kardec”]. Nós iremos apresentar um trailer do filme “Kardec’, que estreia nas bilheterias dia 16 de maio, e falar um pouco sobre a cinebiografia de Kardec. Depois irei participar de uma entrevista com Saulo Gomes [jornalista e escritor, autor do livro “As Mães de Chico Xavier”], que é uma referência muito importante para mim.

Irei contar o que eu aprendi com Chico e Kardec e relatar fenômenos que vivi (e que de vez em quando compartilho com público). Falarei  também sobre o que mudou em mim nesses anos de tanto estudo e tanta escrita sobre os dois.

Vai ser um mergulho nesse universo que é tão importante para mim. E acho que será importante para muita gente depois que o filme “Kardec” for às telas, em 16 de maio.

Anote em sua agenda:

“As lições de Chico Xavier e Allan Kardec”

Palestrantes: Mayse Braga e Marcel Souto Maior

 Data: Domingo (21/4), às 18 h

Local: Comunhão Espírita de Brasília (Salão Bezerra de Menezes)

Texto: Arlinda Carvalho

 



Comunhão News traz as novidades de março na casa espírita

domingo, março 3rd, 2019 106 views

Baixe este post em PDF

 



Comunhão Digital divulga as notícias da semana

sexta-feira, janeiro 25th, 2019 98 views

Baixe este post em PDF

O boletim Comunhão Digital, publicado no canal da Comunhão no YouTube e que circula em todas as TVs da Casa, divulga as notícias semanais mais importantes relacionadas à Comunhão Espírita e ao movimento espírita em geral.

Acompanhe:



Curso a distância sobre o Evangelho tem inscrições abertas para 2019

quarta-feira, janeiro 16th, 2019 873 views

Baixe este post em PDF

 As inscrições para o Estudo a Distância (EAD) sobre “O Evangelho Segundo o Espiritismo” para o próximo semestre estão abertas.

O objetivo dos cursos é ajudar na compreensão dos ensinamentos morais de Jesus Cristo à luz do Espiritismo e incentivar o aluno a praticá-los na vida diária. O programa já atendeu cerca de 1.600 alunos.

O estudo é gratuito e estão disponíveis os seguintes cursos

  • capítulo VII: Bem-aventurados os pobres de espírito;
  • capítulo VIII: Bem-aventurados os que têm puro o coração;
  • capítulo IX: Bem-aventurados os brandos e pacíficos;
  • capítulo X: Bem-aventurados os que são misericordiosos;
  • capítulo XI: Amar o próximo como a si mesmo.

Os requisitos mínimos para o aprendizado são: ter acesso à internet; ter disponibilidade para estudar 5 horas semanais; e ter, no mínimo, 16 anos.

Os interessados podem acessar o site da Comunhão;no alto à esquerda, localizar o quadro: “Serviços” e clicar no ícone “EAD”. Ler as instruções e preencher o formulário.

O prazo para se inscrever vai até o dia 02/02/2019. A confirmação da matrícula será enviada por email até 22/02/2019 e os cursos serão iniciados no dia 23/02/2019. 

Datas principais para o1º sem 2019:

Inscrições:  até 02/02/2019.

Realização dos cursos:  de 23/02 a 29/06/2019.

O PROJETO:

Em sua preocupação de contribuir para a formação evangélico-doutrinária do maior número possível de irmãos, a Comunhão Espírita de Brasília vem desenvolvendo, desde 2007, um projeto para utilizar Educação a Distância (EAD) em suas atividades de ensino. Nesse sentido, foi criada toda uma metodologia de EAD pela Internet, já aplicada na elaboração de cinco cursos sobre capítulos do Evangelho Segundo o Espiritismo (ESE): Cap. 7 (a humildade); Cap. 8 (a pureza de coração); Cap. 9 (a brandura); Cap. 10 (a misericórdia) e Cap. 11 (o amor a Deus e ao próximo). No período 1sem2009-1sem2018, concluíram esses cursos 1.494 alunos. Foi, também, elaborado um curso na mesma metodologia para preparação de tutores em EAD online, com 118 concluintes até o 1sem2018. Estão em fase final de elaboração os cursos sobre o Cap. 15 (fora da caridade não há salvação) e o Cap. 17 (a perfeição moral). Outros cursos estão sendo criados: Cap. 12 (o amor aos inimigos), Cap. 13 (discrição na caridade) e Cap. 19 (a fé transporta montanhas).

OS CURSOS SOBRE “O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO” (ESE), de Allan Kardec:

Em cada curso, estudamos um dos capítulos do ESE com profundidade suficiente para causar um impacto positivo na vida do aluno; isso porque os cursos são elaborados para estimular a meditação e o esforço para praticar a mensagem de Jesus.

Objetivos gerais de cada curso: Ao final do estudo de um curso, o aluno será capaz de: compreender os fatos, conceitos e princípios que constituem os pontos essenciais do conteúdo do capítulo e aplicar o conteúdo desse capítulo em sua vida. Por exemplo, no Capítulo 10, compreender o conceito de perdão e, aplicar esse conceito em sua vida, perdoando uma grosseria que lhe foi dirigida no trânsito.

Alunos: Os cursos são destinados às pessoas interessadas no estudo do ESE que satisfaçam aos pré-requisitos indicados a seguir: i) ter habilidade de leitura e redação no idioma Português de uso corrente; ii) ser capaz de operar microcomputador em nível de usuário, em especial, navegador Internet e processador de textos; iii) ter acesso à Internet; iv) ter disponibilidade de tempo para estudar: aproximadamente 5 horas por semana durante todo o curso; v) caso consiga uma vaga, assumir o compromisso de não desistir do curso exceto em casos de força maior; vi) ter idade igual ou superior a 16 anos.

Metodologia: Os cursos são realizados à distância, não sendo necessárias reuniões presenciais; emprega-se base pedagógica atualizada e ambiente de EAD Moodle, de fácil utilização. Os cursos são independentes um do outro, podendo ser feitos em praticamente qualquer sequência. Recomenda-se que o aluno faça um curso de cada vez.

Quando são realizados os cursos? Duas vezes por ano, em cada semestre, a Comunhão oferece vagas em todos os cursos desenvolvidos. O calendário é fixado por semestre.

 



Numa Noite de Natal é o livro indicado pela coluna Estante Espírita

segunda-feira, dezembro 17th, 2018 126 views

Baixe este post em PDF

Para este mês, quando se aproximam as festas de final de ano, a coluna Estante Espírita recomenda o romance Numa Noite de Natal, de J. W. Rocheter.

O autor John Wilmot nasceu na Inglaterra em 1647 e tornou-se Conde de Rochester aos 11 anos de idade, com a morte do pai. Era muito disciplinado e inteligente, aprendia com facilidade e foi aluno exemplar. Em 1660, foi para Oxford estudar no Wadham College, de onde saiu com o título de Master of Arts, partindo a seguir em viagem para a França e a Itália. Na volta, já estava engajado nas intrigas da corte do Rei Charles II.

Daí por diante, fantásticas histórias circulavam com o seu nome: raptou Elizabeth Mallet e foi preso, mas casou-se com ela aos 19 anos e teve 4 fi lhos; desfrutou inúmeras aventuras amorosas com cortesãs e senhoras da sociedade; fez amizades literárias; aventurou-se como médico e astrólogo; indispôs-se com o rei e participou de duelos. No fi m da vida já demonstrava intuição da reencarnação, quando disse: “O mais certo é que a alma comece de novo e que a lembrança do que ela fez neste corpo, registrada nos desenhos do cérebro, tão logo seja desalojada, desapareça e a alma seja levada a algum novo estado para recomeçar novo ciclo”.

De volta à Pátria Espiritual, Rochester resolve enviar, através da médium russa Vera Ivanovna, mensagens de que o espírito sobrevive e reencarna tantas vezes quantas necessárias ao seu reajuste cármico e segundo as leis de Deus, apresentando aos leitores belíssimas histórias de reforma íntima no ser encarnado. O volume em tela contém vários contos da época da Primeira Guerra Mundial e os confl itos da Rússia com seus inimigos.

A maioria das mensagens aqui publicadas fazem parte de uma coleção de contos referentes àquele período de lutas, dores e sofrimento extremo. Numa noite de Natal, datado de 1906 e que empresta o nome à obra, conta a história de Faddei Gurievitch e seu acordo com as forças do mal para conquistar o poder, à custa de muito sangue russo e a conquista do cobiçado ouro. Surpreendentemente, o enredo se inicia na década de 90 do século XIX e atesta o sucesso de Faddei trinta anos depois do acordo feito com Mefi stófeles e ainda faz uma referência à Guerra e ao vergonhoso tratado de paz(*), que viriam a acontecer na Rússia cerva de vinta anos depois…

Não é difícil associar a história de Faddei à de Trotsky. Teria Rochester profetizado o destino da mãe Rússia? (*)Pelo acordo a Rússia concordava em ceder vários territórios aos inimigos: Finlândia, Estônia, Letônia, Lituânia, Polônia, Bielorússia e Ucrânia, bem como alguns distritos turcos e georgianos que estavam sob seu domínio. Ao todo, a Rússia perderia um terço de sua população, metade de seu parque industrial e 90 por cento de suas minas de carvão.

NUMA NOITE DE NATAL, de J.W.Rochester, psicografado por Vera Ivanovna Kryshanovskaia, 137 páginas, 14 cm x 21 cm, Editora do Conhecimento, Limeira – SP, 2016, na Livraria Mário Carvalho da Comunhão, R$ 38,00



Caminhando com Jesus: A Parábola dos vinhateiros homicidas

segunda-feira, novembro 12th, 2018 168 views

Baixe este post em PDF

Assista no Caminhando com Jesus desta semana, no canal da Comunhão Espírita de Brasília, a Parábora dos vinheiros homicidas!