Notícias sobre: ‘Eventos’

As lições de Chico Xavier e Allan Kardec contadas por Mayse Braga e Marcel Souto Maior          

sexta-feira, abril 19th, 2019 277 views

Baixe este post em PDF

 

 

 

No domingo (21), a Comunhão Espírita de Brasília preparou uma programação especial para os frequentadores da Casa e todas as pessoas interessadas em cultivar o bem e aprender com os exemplos de amor e caridade deixados por  Allan Kardec e Chico Xavier.

Às 18 horas, no salão Bezerra de Menezes, a palestrante Mayse Braga e o jornalista e escritor Marcel Souto Maior – autor das biografias do médium mineiro e do  decodificador da Doutrina Espírita – estarão na Comunhão para falar sobre “As lições de Chico Xavier e Allan Kardec”.

Com experiências de vida e perfis diferentes, os dois palestrantes imprimirão aos seus relatos sentimentos e emoções que impactaram suas vidas – e a de milhares de pessoas que descobriram o valioso legado deixado por esses dois expoentes do espiritismo.

Com boa dose de humor, característica marcante de Mayse, e com o rigor (ao mesmo tempo científico e lírico) do escritor Marcel, as lições de Kardec e Chico contadas por eles levarão todos a refletir.

Após a exposição, haverá uma seção de perguntas e respostas com os palestrantes.

Confira trechos da entrevista concedida à Comunhão pelo jornalista, escritor e roteirista Marcel Souto Maior:

No domingo (21/4), você e Mayse Braga estarão na Comunhão Espírita de Brasília para falar sobre “As lições de Chico Xavier e Allan Kardec”. Poderia nos adiantar como será esse duo?

Marcel Souto Maior – No domingo terei o prazer de estar com Mayse de novo, na Comunhão Espírita, que é uma Casa muito importante para mim. Eu contarei algumas histórias; a Mayse contará outras, baseadas em sua convivência incrível com o universo espírita. Então iremos costurar esses nossos testemunhos para tentar levar aos frequentadores da Comunhão Espírita um pouco de Chico e um pouco de Kardec, que eles já conhecem tão bem.

O que mais o impactou, na sua vida pessoal e profissional, ao se dedicar aos estudos da obra e vida de Chico Xavier e Alan Kardec?

Marcel –  Acho que foi a percepção de que precisamos cuidar muito dessa nossa passagem por aqui [no Planeta Terra]. Na verdade, nós precisamos estar mais atentos ao outro. Com certeza, o contato com as histórias de Chico e de Kardec me tornaram uma pessoa menos egoísta. E eu digo isso modestamente, mas é verdade. Tem duas frases de Chico que me marcaram muito.

Uma vez eu perguntei para ele: “Chico, por que você não aceita reverter uma pequena parcela dos direitos autorais de seus livros  para  sua obra filantrópica? assim você não precisaria tanto das doações de suas campanhas beneficentes”.

Aí ele respondeu: olha, os livros não me pertencem, eu não escrevi nada; eles, os espíritos escreveram. Depois ele parou um pouquinho e falou assim: e graças a Deus aprendi a viver apenas com o necessário.

 Eu acho que essa frase é muito forte, porque muitas vezes a gente se perde correndo atrás de necessidades que não são reais. E o tempo que a gente perde com isso, e o quanto a gente se frustra nessa busca […].

Agora eu tomo muito mais cuidado com o que faço do meu tempo; eu tomo mais cuidado com o outro. O contato com a trajetória desses dois missionários, na verdade, me trouxe esse ganho.

 

Da sua convivência pessoal com Chico, qual o fato ou a situação que mais o marcou?

Marcel – O impressionante em  Chico era a maneira amorosa, afetuosa como ele tratava todo mundo que dele se aproximava.  As pessoas chegavam, beijavam a mão do Chico e ele retribuía, beijando a mão da pessoa também. Tinha uma paciência que parecia infinita, imensa, e essa frase sábia: graças a Deus aprendi a viver apenas com necessário.

Certa vez ouvi um fazendeiro ao lado dele dizer: “olha, Chico, não sei o que está acontecendo comigo, porque eu tenho o que você imaginar; tenho uma família maravilhosa; tenho dinheiro pra fazer o que eu quiser e na hora que desejar; posso viajar para onde eu quiser, a qualquer hora do dia; eu tenho tudo, mas eu sou muito infeliz”.

A impressão que eu tive foi a de que o fazendeiro esperava alguma resposta mágica […]. E Chico respondeu: o que falta ao senhor é a alegria do outro, a alegria de fazer bem ao outro.

Essa resposta mostrou que aquele fazendeiro estava muito desconectado dos valores que realmente importam. É a sabedoria de Chico. Ela me acende luzes em alguns momentos da vida.

Você também estará presente no 5º Congresso Espírita do Distrito Federal, que acontecerá de 19 a 21 de abril, no Centro de Convenções de Brasília, com o tema: Eu e Deus, como estamos? Qual será sua participação no encontro?

Marcel – Eu vou participar de uma mesa com o diretor Wagner de Assis [diretor dos filmes “Nosso Lar” e “Kardec”]. Nós iremos apresentar um trailer do filme “Kardec’, que estreia nas bilheterias dia 16 de maio, e falar um pouco sobre a cinebiografia de Kardec. Depois irei participar de uma entrevista com Saulo Gomes [jornalista e escritor, autor do livro “As Mães de Chico Xavier”], que é uma referência muito importante para mim.

Irei contar o que eu aprendi com Chico e Kardec e relatar fenômenos que vivi (e que de vez em quando compartilho com público). Falarei  também sobre o que mudou em mim nesses anos de tanto estudo e tanta escrita sobre os dois.

Vai ser um mergulho nesse universo que é tão importante para mim. E acho que será importante para muita gente depois que o filme “Kardec” for às telas, em 16 de maio.

Anote em sua agenda:

“As lições de Chico Xavier e Allan Kardec”

Palestrantes: Mayse Braga e Marcel Souto Maior

 Data: Domingo (21/4), às 18 h

Local: Comunhão Espírita de Brasília (Salão Bezerra de Menezes)

Texto: Arlinda Carvalho

 



Exposição “Allan Kardec – Luz entre dois mundos” na FEB com palestra de Divaldo Franco

quarta-feira, abril 17th, 2019 232 views

Baixe este post em PDF

A Federação Espirita Brasileira (FEB) inaugura no dia 21 de abril, às 9h30, em sua na 603 Norte, em Brasília, a Exposição “Allan Kardec – Luz entre dois mundos”.

A exposição apresenta painéis ilustrativos em homenagem aos 150 anos de desencarnação do codificador, completados este ano. 

Venha conhecer mais sobre a trajetória de Kardec, as primeiras edições das obras básicas, bem como os figurinos utilizados pelos artistas no filme Kardec. A inauguração contará com palestra de abertura com o médium e orador Divaldo Franco. O evento é gratuito. Vale a pena conferir!

Mais informações:
https://www.febnet.org.br/blog/geral/noticias/exposicao-allan-kardec-luz-entre-dois-mundos-na-feb/



Fim de semana tem Pinga-Luz, Coral Elos de Luz e debate com Marcel Souto Maior e Mayse Braga

quarta-feira, abril 17th, 2019 418 views

Baixe este post em PDF

O final de semana está repleto de atividades na Comunhão Espírita de Brasília. Todos os eventos são transmitidos ao vivo pela Rádio e TV Comunhão. Acompanhe:

Dia 20, sábado:

18h30: Pinga-Luz com Denizard de Souza.

Dia 21, domingo:

17h15: Coral Elos de Luz.

18h: Palestra Marcel Souto Maior e Mayse Braga: As lições de Chico Xavier e Allan Kardec.

19h: Marcel Souto Maior e Mayse Braga respondem a perguntas do público.



Como anda sua relação com Deus?

segunda-feira, abril 15th, 2019 113 views

Baixe este post em PDF

Eu e Deus, como estamos? Este o tema do 5 º Congresso Espírita do DF, que será realizado entre 19 e 21 de abril, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Inscrições abertas em congresso.fedf.org.br. 



Começam as vendas de ingresso para a pré-estreia do filme Kardec

segunda-feira, abril 15th, 2019 247 views

Baixe este post em PDF

Começa oficialmente a venda da pré-estreia do filme do Kardec. Em Brasília, o filme será exibido na sala 10 do Cinemark Pier 21 e na sala 3 do Espaço Itaú de Cinema, a partir do dia 16 de maio, quinta-feira.

Leonardo Medeiros é o protagonista Hypolite Leon Denizard Rivail – reconhecido depois como Allan Kardec -, o educador francês nascido em 1804 que codificou o espiritismo a partir de 1857.

A produção tem ainda no elenco nomes como Sandra Corveloni (Amélie-Gabrielle Boudet), Guilherme Piva (Didier), Genézio de Barros (Padre Boutin), Guida Vianna (Madame De Plainemaison), Julia Konrad (Ruth-Celine), Charles Fricks (Charles Baudin), Licurgo Espinola (Sr. Babinet), Letícia Braga (Julie), Julia Svacina (Caroline), Dalton Vigh (Sr. Dufaux) e Louise D’Tuani (Ermance Dufaux).

O roteiro de L.G. Bayão (“Irmã Dulce”, “Heleno” e “Minha Fama de Mau”) e Wagner de Assis acompanha a trajetória de Kardec desde o período em que atuava como educador, passando pela investigação dos fenômenos, pelo processo de codificação da doutrina espírita, até a publicação e repercussão de “O Livro dos Espíritos”.

Os ingressos podem ser adquiridos pelo link: http://bit.ly/Ingressos-Kardec.



Mayse Braga e Marcel Souto Maior, biógrafo de Chico Xavier, fazem palestra na Páscoa

segunda-feira, abril 15th, 2019 845 views

Baixe este post em PDF

No dia 21 de abril (domingo de Páscoa), a Comunhão Espírita de Brasília promoverá, das 18h30 às 20h, a palestra, seguida de debate: “As lições de Chico Xavier e Allan Kardec, segundo o biógrafo Marcel Souto Maior”.

Mayse Braga e Marcel Souto Maior farão a palestra juntos, e depois abrirão espaço para perguntas e respostas.

O biógrafo de Chico e Kardec compartilhará com o público o que aprendeu ao investigar as trajetórias do professor francês e de seu principal discípulo.