Notícias sobre: ‘Matérias’

Festival de Cinema Transcendental chega a sua oitava edição em Brasília

sexta-feira, setembro 27th, 2019 115 views

Baixe este post em PDF

Realizado pela ONG Estação da Luz, Brasília recebe a 8ª edição do Festival de Cinema Transcendental, evento que transmite por meio do audiovisual, ensinamentos de espiritualidade. Com mensagens de amor, paz e solidariedade, a mostra acontece entre os dias 30 de setembro, 1 e 2 de outubro de 2019. As exibições ocorrem a partir das 19h, no Teatro Brasília Shopping, apoiador cultural do evento. A entrada é gratuita, mediante a doação de 2 kg de alimentos não perecíveis antes da sessão.

Sob a curadoria e coordenação de Lucas de Pádua, o festival apresentará uma programação marcada pela temática espiritual, independente de religiões. Este ano, o evento prestigia a produção cinematográfica nacional com três longas metragens inéditos no Brasil. “Realizar este evento é sempre uma alegria, pois as pessoas saem dos cinemas felizes e motivadas”, afirma.

O evento terá sua abertura com o filme AMOR ASSOMBRADO, inspirado no conto PENTE DE VÊNUS, de Heloísa Seixas. O longa é dirigido por Wagner Assis, que tem em seu currículo filmes como Nosso Lar e o recente Kardec, que conta a trajetória do professor francês Allan Kardec, ambos sucesso de público nos cinemas. No filme, uma escritora de sucesso, vivida pela atriz Vanessa Gerbelli, em crise criativa, convive com seus personagens e outras pessoas que não sabem em qual dimensão vivem. O diretor do filme estará presente na abertura e participará de um debate após a exibição.

No segundo dia, será a vez da comédia BATE CORAÇÃO, com direção de Glauber Filho, experiente diretor, responsável por Bezerra de Menezes, e As mães de Chico Xavier, filmes que surpreenderam e emocionaram o público nos cinemas de todo Brasil. No filme, o personagem Sandro é um homem conquistador e preconceituoso, acostumado a uma vida de luxo. Quando sofre um ataque cardíaco, precisa urgentemente de um coração novo, e recebe o transplante da travesti Isadora, recém-falecida devido a um acidente. Enquanto se recupera, Sandro passa a repensar todo o seu preconceito de uma vida. Após a exibição, Fernando Lobo, representante da Produtora Estação Luz estará presente para uma roda de conversa.

O terceiro e último dia do evento traz o filme PAULO DE TARSO, com direção do experiente diretor André Marouço, que responde também pelos filmes Causa e Efeito, e O Filme dos Espíritos. O filme sobre a vida do apóstolo Paulo traz uma abordagem a respeito da história do cristianismo, abordando o papel fundamental deste personagem. O diretor, que participará do evento, oferecerá ao público presente, a oportunidade de fazer perguntas após a exibição.

O Festival
O Festival de Cinema Transcendental tem realização da Associação Estação da Luz, com o apoio cultural do Brasília Shopping. O evento tem o apoio das seguintes empresas e instituições: DGBB Assessoria de Imprensa, Federação Espírita Brasileira, Legião da Boa Vontade, União Planetária, Comunhão Espírita de Brasília, Federação Espírita do Distrito Federal, e conta ainda com o patrocínio da empresa de segurança Life Defense.

Programação:
Dia 30/09, segunda-feira – AMOR ASSOMBRADO – Ficção
Dia 01/10, terça-feira – BATE CORAÇÃO – Ficção
Dia 02/10, quarta-feira – PAULO DE TARSO – Docu-Drama

SERVIÇO: 8º Festival de Cinema Transcendental
Data: De 30 de setembro a 2 de outubro de 2019
Horário: Exibições sempre às 19h
Local: Teatro Brasília Shopping
Informações: (62) 99980.4321
Entrada gratuita, mediante a doação de 2 kg de alimentos não perecíveis antes da sessão. Espaço sujeito à lotação.
*Verificar classificação indicativa de acordo com filme exibido

Texto: Federação Espírita do Distrito Federal



Autor português lança o livro Espírito Poético na Comunhão

domingo, agosto 25th, 2019 1.207 views

Baixe este post em PDF

Na última sexta-feira, 23, Vítor Bruno dos Santos esteve na Comunhão Espírita para lançamento do livro Espírito Poético.

André Ferreira, responsável pela editoração do livro, comentou sobre como conheceu o trabalho do espírita português e como reuniram os textos para publicação. “Conheci os poemas pela internet e começamos a publicá-los no jornal Brasília Espírita. Até que entrei em contato com o Vitor e perguntei o que ele achava de criarmos um livro”, contou.

Em sua primeira viagem fora da Europa, Vítor se mostrou realizado em poder divulgar o trabalho do Espírito Poético, pseudônimo do mentor que inspirou os poemas. “Estou muito feliz por estar no Brasil. A vida nos reserva surpresas maravilhosas e eu deixei que Deus cuidasse de mim. Espero que os poemas façam renascer nos corações os ensinamentos que assinalam a grandeza da alma”, disse.

Todos os direitos autorais da edição brasileira são cedidos à ONG Salve a Si – Centro de Tratamento de Dependência Química.

O livro está disponível para venda na livraria da Comunhão ou pelo site https://www.otimismo.com/espirito-poetico. Também é possível conhecer os poemas na página Espírito Poético no Facebook.

A mudança

Desde que nascemos,
A vida é uma mudança,
Mas nós o que queremos
É que ela seja uma constança.

Se tal fosse possível,
Seria uma enorme monotonia;
Não há nada mais irresistível
Do que a novidade de cada dia.

Em cada novo amanhecer
Deus rasga as trevas da escuridão
E em cada novo anoitecer
Dá descanso ao teu coração…

A mudança não é dolorosa,
Mas resistir-lhe é…
A mudança é como uma rosa
A quem cortas o seu pé!

No lugar do pé cortado
Brotará um novo espinho
E daquilo que estava acabado
Nasceu um novo caminho.

Essa recém surgida estrada,
Que passaste a vislumbrar,
É a porta escancarada
Que terás de atravessar.

É a porta do progresso
Que a todos traz evolução;
Deus quer o teu ingresso
Nos mundos de regeneração…

(Vítor Santos/Espírito Poético, p. 75)

Por Nicole Guimarães



Estreia nesta quinta (16) o filme sobre Kardec

segunda-feira, maio 13th, 2019 310 views

Baixe este post em PDF
O filme mais aguardado pelos espíritas desde o anúncio de sua produção, ‘KARDEC’ estreia nesta quinta-feira (16) nos cinemas brasileiros com grande expectativa de público.
Dirigido por Wagner de Assis (de ‘Nosso Lar’ e ‘A Menina Índigo’), o longa-metragem mostra o período em que o sr. Hyppolite Léon Denizard Rivail atuava como educador, passando pela fase de descoberta do Espiritismo, até a publicação e repercussão de O Livro dos Espíritos – agora, com o pseudônimo de Allan Kardec.
Para comprar os ingressos acesse
https://movieid.ingresso.com/kardecfilme



Comunhão recebe novo elevador

quinta-feira, maio 9th, 2019 434 views

Baixe este post em PDF

A Comunhão Espírita instalou, nesta terça, dia 7 de maio, seu novo elevador.

A obra, que contou com a contribuição dos frequentadores, trouxe beneficios principalmente para aqueles que tem dificuldades de locomoção.

De acordo com o presidente da Casa, Adilson Mariz, o projeto surgiu devido à dificuldade que muitos idosos e deficientes encontravam para se deslocar até as salas superiores quando o elevador quebrava.

“Já diz o ditado, quem tem um, não tem nenhum. Em agosto do ano passado, o elevador passou  três meses parado por causa de uma placa que queimou, causando transtornos para todos os usuarios”, relata Mariz.

Em setembro, a campanha para arrecadação de recursos financeiros para a obra foi lançada e a comunidade da Comunhão acolheu a ideia. As contribuições vieram de todos os lados. Mais de 246 pessoas doaram  através do site criado para essa finalidade, ou  diretamente na tesouraria, sendo arrecadado um pouco mais de 133 mil reais.

“Nove meses depois do inicio da obra, o elevador está sendo entregue quitado. Só temos a agradecer a todos que contribuiram, pois, sem eles, esse projeto não teria se tornado realidade”, sublinha o presidente.

Ana Cristina Cavalcanti dos Santos



As lições de Chico Xavier e Allan Kardec contadas por Mayse Braga e Marcel Souto Maior          

sexta-feira, abril 19th, 2019 561 views

Baixe este post em PDF

 

 

 

No domingo (21), a Comunhão Espírita de Brasília preparou uma programação especial para os frequentadores da Casa e todas as pessoas interessadas em cultivar o bem e aprender com os exemplos de amor e caridade deixados por  Allan Kardec e Chico Xavier.

Às 18 horas, no salão Bezerra de Menezes, a palestrante Mayse Braga e o jornalista e escritor Marcel Souto Maior – autor das biografias do médium mineiro e do  decodificador da Doutrina Espírita – estarão na Comunhão para falar sobre “As lições de Chico Xavier e Allan Kardec”.

Com experiências de vida e perfis diferentes, os dois palestrantes imprimirão aos seus relatos sentimentos e emoções que impactaram suas vidas – e a de milhares de pessoas que descobriram o valioso legado deixado por esses dois expoentes do espiritismo.

Com boa dose de humor, característica marcante de Mayse, e com o rigor (ao mesmo tempo científico e lírico) do escritor Marcel, as lições de Kardec e Chico contadas por eles levarão todos a refletir.

Após a exposição, haverá uma sessão de perguntas e respostas com os palestrantes.

Confira trechos da entrevista concedida à Comunhão pelo jornalista, escritor e roteirista Marcel Souto Maior:

No domingo (21/4), você e Mayse Braga estarão na Comunhão Espírita de Brasília para falar sobre “As lições de Chico Xavier e Allan Kardec”. Poderia nos adiantar como será esse duo?

Marcel Souto Maior – No domingo terei o prazer de estar com Mayse de novo, na Comunhão Espírita, que é uma Casa muito importante para mim. Eu contarei algumas histórias; a Mayse contará outras, baseadas em sua convivência incrível com o universo espírita. Então iremos costurar esses nossos testemunhos para tentar levar aos frequentadores da Comunhão Espírita um pouco de Chico e um pouco de Kardec, que eles já conhecem tão bem.

O que mais o impactou, na sua vida pessoal e profissional, ao se dedicar aos estudos da obra e vida de Chico Xavier e Alan Kardec?

Marcel –  Acho que foi a percepção de que precisamos cuidar muito dessa nossa passagem por aqui [no Planeta Terra]. Na verdade, nós precisamos estar mais atentos ao outro. Com certeza, o contato com as histórias de Chico e de Kardec me tornaram uma pessoa menos egoísta. E eu digo isso modestamente, mas é verdade. Tem duas frases de Chico que me marcaram muito.

Uma vez eu perguntei para ele: “Chico, por que você não aceita reverter uma pequena parcela dos direitos autorais de seus livros  para  sua obra filantrópica? assim você não precisaria tanto das doações de suas campanhas beneficentes”.

Aí ele respondeu: olha, os livros não me pertencem, eu não escrevi nada; eles, os espíritos escreveram. Depois ele parou um pouquinho e falou assim: e graças a Deus aprendi a viver apenas com o necessário.

 Eu acho que essa frase é muito forte, porque muitas vezes a gente se perde correndo atrás de necessidades que não são reais. E o tempo que a gente perde com isso, e o quanto a gente se frustra nessa busca […].

Agora eu tomo muito mais cuidado com o que faço do meu tempo; eu tomo mais cuidado com o outro. O contato com a trajetória desses dois missionários, na verdade, me trouxe esse ganho.

 

Da sua convivência pessoal com Chico, qual o fato ou a situação que mais o marcou?

Marcel – O impressionante em  Chico era a maneira amorosa, afetuosa como ele tratava todo mundo que dele se aproximava.  As pessoas chegavam, beijavam a mão do Chico e ele retribuía, beijando a mão da pessoa também. Tinha uma paciência que parecia infinita, imensa, e essa frase sábia: graças a Deus aprendi a viver apenas com necessário.

Certa vez ouvi um fazendeiro ao lado dele dizer: “olha, Chico, não sei o que está acontecendo comigo, porque eu tenho o que você imaginar; tenho uma família maravilhosa; tenho dinheiro pra fazer o que eu quiser e na hora que desejar; posso viajar para onde eu quiser, a qualquer hora do dia; eu tenho tudo, mas eu sou muito infeliz”.

A impressão que eu tive foi a de que o fazendeiro esperava alguma resposta mágica […]. E Chico respondeu: o que falta ao senhor é a alegria do outro, a alegria de fazer bem ao outro.

Essa resposta mostrou que aquele fazendeiro estava muito desconectado dos valores que realmente importam. É a sabedoria de Chico. Ela me acende luzes em alguns momentos da vida.

Você também estará presente no 5º Congresso Espírita do Distrito Federal, que acontecerá de 19 a 21 de abril, no Centro de Convenções de Brasília, com o tema: Eu e Deus, como estamos? Qual será sua participação no encontro?

Marcel – Eu vou participar de uma mesa com o diretor Wagner de Assis [diretor dos filmes “Nosso Lar” e “Kardec”]. Nós iremos apresentar um trailer do filme “Kardec’, que estreia nas bilheterias dia 16 de maio, e falar um pouco sobre a cinebiografia de Kardec. Depois irei participar de uma entrevista com Saulo Gomes [jornalista e escritor, autor do livro “As Mães de Chico Xavier”], que é uma referência muito importante para mim.

Irei contar o que eu aprendi com Chico e Kardec e relatar fenômenos que vivi (e que de vez em quando compartilho com público). Falarei  também sobre o que mudou em mim nesses anos de tanto estudo e tanta escrita sobre os dois.

Vai ser um mergulho nesse universo que é tão importante para mim. E acho que será importante para muita gente depois que o filme “Kardec” for às telas, em 16 de maio.

Anote em sua agenda:

“As lições de Chico Xavier e Allan Kardec”

Palestrantes: Mayse Braga e Marcel Souto Maior

 Data: Domingo (21/4), às 18 h

Local: Comunhão Espírita de Brasília (Salão Bezerra de Menezes)

Texto: Arlinda Carvalho

 



AME faz palestra sobre o valor da prece na saúde (11)

quinta-feira, abril 4th, 2019 353 views

Baixe este post em PDF

Como parte do projeto Introdução aos Fundamentos do Paradigma Médico-Espírita, a AME-DF realiza no dia 11 de abril, a palestra Pensamento e Vontade: Atributos do Ser  Espiritual. O valor da prece na saúde.

Conduzida por Arandir Calheiros, a palestra acontece às 20h,  na sala 203 da Comunhão Espírita, com entrada franca.

Não há transmissão ou gravação pela TV e Rádio Comunhão.