Notícias sobre: ‘Geral’

Abertas as inscrições para o Curso de Leitura e Escrita para Adultos 2019

quinta-feira, janeiro 31st, 2019 1.124 views

Baixe este post em PDF

O curso de Leitura e Escrita para Adultos está com inscrições abertas para os interessados em desenvolver habilidades de leitura e escrita, independente do nível de escolaridade. Inscrições e aulas: segundas e quintas feiras a partir do dia 18 de fevereiro de 2019. Local: Sala 19 (atrás do Auditório Eurípedes Barsanulfo).

O ensino será individualizado, atendendo às necessidades de cada um. Diversos temas serão abordados ao longo do ano, sempre ilustrando as suas aplicações ao cotidiano, sendo variadas as técnicas de ensino.

Além do aprendizado, a participação no Grupo de Leitura e Escrita para Adultos, que substitui o tradicional Curso de Alfabetização, traz oportunidades de socialização, elevação da autoestima e autoconfiança.

O Curso de Leitura e Escrita para Adultos é gratuito e ministrado por voluntários em sala cedida pela Comunhão Espírita de Brasília, localizada na L2 Sul, Quadra 604, Lote 27 – Brasília/DF.

Serviço:

Curso de Leitura e Escrita para Adultos
Inscrições: segundas e quintas feiras a partir do dia 18 de fevereiro de 2019,
Local: Sala 19 (atras do Auditório Eurípedes Barsanulfo,
Público Alvo: Adultos analfabetos, semi-alfabetizados, ou com dificuldades em leitura e escrita.

 

Fonte: Equipe de Comunicação Social da Diretoria de Promoção Social – Comunhão



Mensagem recebida na noite de celebração dos 58 anos da Comunhão

terça-feira, janeiro 22nd, 2019 176 views

Baixe este post em PDF

No dia 16 de janeiro, por ocasião das comemorações dos 58 anos da fundação da Comunhão Espírita de Brasília, a casa recebeu a seguinte mensagem psicografada:

O Sábio e o Menino

Contou-nos um Velho Sábio a história de um menino. “Certa vez, ele explicou a certo menino:

Menino, se pretende construir uma Casa para o Senhor, deve primeiro renascer na Terra dos Homens.

Uma vez lá, ainda assim terá um grande desafio: não esquecer do propósito que o fez renascer.

Uma vez lembrando, ainda assim poderá distrair-se com as coisas do mundo dos homens.

Uma vez não se distraindo, ainda assim poderá sofrer galhofas dos seus, por acreditar no inverossímil, no que lhe será atribuída uma imaginação fértil e exagerada por demais para quem tem que se tornar um homem profícuo na Terra.

Abstraindo-se desses ruídos oriundos dos surdos e mudos, ainda assim poderá experimentar a preguiça e o medo do labor ingente, próprio de quem pretende construir uma Casa para o Senhor fazer morada em seu coração.

Ainda assim, valente e corajoso, tendo construído a Casa do Senhor, sua manutenção poderá esmorecer-lhe a vontade de dar continuidade às atividades implementadas. Estas, sim, molduras firmes do Consolador prometido por Jesus, na esteira dos tempos!

Se ainda assim perseverar, apraz-me saber se será capaz de manter a mensagem do Mestre Jesus intacta diante dos sentidos contraditórios do Mundo. Conseguirá manter a fé viva, abnegada e devotada à edificação magnânima?

O Velho sábio calou-se, e o menino pôde refletir por um tempo. Depois de um silêncio demorado, respondeu:

Se Jesus estiver comigo, conseguirei!

Ao que o Velho Sábio exortou-lheconfiante: Vá, menino, e não feche os caminhos até Ele!

O menino, ansioso para aprender, indagou ainda uma última vez: Como posso manter-me em comunicação permanente com Jesus?

O Velho Sábio sorriu e respondeu: Ore com fervor, mesmo quando acreditar que não está sendo ouvido! Ore e labore! Vá, menino. Vá!

Então o menino renasceu e fundou a Comunhão Espírita de Brasília.”

 



Papo Espírita traz a mensagem das Sementes para o Amanhã

quinta-feira, janeiro 10th, 2019 103 views

Baixe este post em PDF

Num bate papo descontraído, Ana Cristina, Míriam e Telma comentam sobre as sementes das virtudes que devemos cultivar em nosso íntimo para uma vida melhor.

Confira a conversa repleta de ensinamentos e experiências de vida de cada uma no programa Papo Espírita:



Venha comemorar o aniversário da Comunhão Espírita nesta quarta (16)

terça-feira, janeiro 8th, 2019 273 views

Baixe este post em PDF

No dia 16 de janeiro a Comunhão Espírita de Brasília comemora 58 anos de idade. O presidente da Casa, Adilson Mariz, realiza palestra às 20 horas para celebrar a data.

Histórico

A Comunhão Espírita de Brasília iniciou seus trabalhos numa residência na Av. W-3 Sul na quadra 712.

Logo, por oferecimento do casal Mário e Irene Carvalho, a Comunhão transferiu-se, sem qualquer custo em aluguel, para a sobreloja da antiga Casa do Barata (W3 Sul – 506), dando início à venda de livros espíritas, socorro domiciliar após as sessões, caravanas às cidades-satélites levando gêneros às famílias necessitadas. Em seguida, foi criada a Mocidade Espírita, sob a presidência de Erasmo Cravo.

O primeiro presidente eleito foi Dálio Mendonça (gestão de um ano e meio), sendo substituído pelo vice Benoni Baptista. O período seguinte foi liderado por Benoni Baptista, como presidente, e Mário Carvalho, vice-presidente.

A Comunhão atende, a cada mês, aproximadamente 50 mil pessoas. Conta com mais de 3 mil médiuns em atividade. A área de Estudo Sistematizado conta com aproximadamente 2.300 integrantes, entre participantes e dirigentes. Enquanto o Departamento da Infância e Juventude atende a 600 crianças e jovens. A área de Atendimento e Orientação possui quadros específicos de orientadores, atendentes e trabalhadores voluntários, somando centenas de pessoas.

A sede atual possui 6.500 m2, distribuídos em cinco andares, que abrigam livraria, auditórios, salas de estudo e de trabalho.



Encerramento de ano na Comunhão Espírita de Brasília é marcado por mensagens de consolo, esperança e apelo ao despertar espiritual 

terça-feira, janeiro 1st, 2019 763 views

Baixe este post em PDF

A emoção invadiu os corações de quem compareceu à programação especial de fim de ano preparada pela Comunhão Espírita de Brasília na noite de 31 de dezembro. Com auditório lotado, com capacidade para cerca de 800 pessoas, o salão Bezerra de Menezes foi palco de uma linda confraternização, com mensagens de ânimo, fé, esperança e convite para o despertar espiritual.

Compuseram a mesa a vice-presidente da Comunhão, Maria Luiza Bezerra, conhecida carinhosamente por Malu; membros da diretoria da Casa, representada por Durval de Moraes, Edmar Silva, Lisieux Bittencourt e Germana Carsten, além da equipe de médiuns responsável por receber e repassar as mensagens trazidas pelos espíritos na tradicional reunião pública mediúnica de encerramento do ano.

2019, o ano do despertar

O evento teve início às 18h com a prece de abertura dos trabalhos, seguida da palestra “2019, o Ano do Despertar”, proferida pelo orador e trabalhador espírita Jack Darsa.

Visivelmente emocionado, Jack agradeceu a oportunidade de trazer ao público a mensagem de Jesus na última noite do ano e fez um percurso histórico — citando trechos do Evangelho de Jesus e mensagens trazidas por personagens bíblicos e pela Doutrina dos Espíritos, no século XIX —, para mostrar que o alerta sobre a necessidade de renovação espiritual vem se arrastando ao longo dos milênios.

Para exemplificar, ele citou o profeta Isaías, que há 700 anos antes de Cristo profetizou a vinda de Jesus, e o apóstolo Paulo, que na Epístola aos Efésios, 5:14, também convoca para esse despertar: “Desperta, ó tu que dormes! Levanta-te dentre os mortos e Cristo te iluminará”.

“Vinte e um séculos se passaram e ainda estamos tentando vivenciar os ensinamentos de Jesus”, disse Jack, lembrando que Cristo, na Parábola do Semeador, repetiu as palavras do profeta Isaías para alertar sobre a dificuldade que a humanidade tem em assimilar e abraçar os valores de amor e caridade.

“Nessa parábola, Jesus disse que as pessoas, tendo ouvidos não ouviam e tendo olhos não enxergavam porque os seus corações estavam endurecidos”, explicou Jack, trazendo essa realidade para os dias atuais.

O verdadeiro testemunho  

O palestrante lembrou que o verdadeiro testemunho de Cristo é a caridade e a benevolência para com o outro. “Testemunhar os ensinamentos de Jesus é silenciar mesmo quando não temos razão, para termos paz; é quando alguém nos agride e não reagimos da mesma forma. É amar a Deus e ao próximo, nos esforçar para não julgar, e perdoar a quem quer que seja”.

Sobre o discernimento para saber o que é certo e errado, Jack citou a questão 621 do Livro dos Espíritos, que afirma que a Lei de Deus está na consciência de cada um. Ele lembrou que o roteiro de Cristo e as respostas para as questões espirituais estão na Doutrina Espírita, que reaviva e esmiúça o evangelho de Jesus. É preciso, no entanto, ter olhos para ver e ouvidos para ouvir.

Transição planetária          

Jack lembrou que a mensagem de Jesus nos convida para sair da zona de conforto. Seguir esse roteiro é uma necessidade urgente e um ultimato para a vivência do amor no atual período de transição planetária.

Sobre o tema, ele tranquilizou: “Não se trata de apocalipse, nem do armageddon, mas de trans-for-ma-ção, que começa dentro de cada um de nós”. Segundo Jack, o momento atual e o término de mais um ano, quando mais um ciclo se fecha, nos convida a uma reflexão profunda.

“O único motivo de estarmos aqui encarnados, meus queridos, é a nossa evolução espiritual. Então, vamos nos perguntar o que temos feito para isso? Ao entrar em 2019 e finalizar 2018, que possamos dizer como Paulo: terminei minha tarefa, combati o bom combate e guardei a minha fé”.

Jack finalizou a palestra recitando o “Poema de Gratidão”, do espírito Amélia Rodrigues. Nesse momento, o auditório foi tomado por uma emoção ainda mais forte. Lágrimas furtivas nos rostos denunciavam a beleza das palavras de amor e agradecimento ao Criador, e traziam à tona o ensinamento de Paulo: “Em tudo, dai graças”.

Mensagens mediúnicas reforçam urgente necessidade de renovação espiritual  

Após a palestra, deu-se início à segunda parte da programação, sob a coordenação de Germana Carsten, com a tradicional reunião pública mediúnica, que acontece somente uma vez por ano.  Sentada à mesa, a equipe de médiuns expôs ao público as mensagens recebidas por meio de psicofonia, vidência e psicografia.

Um sentimento profundo de bem-estar, leveza e contentamento podia ser notado nas expressões do público.

Os médiuns videntes anunciaram a presença dos espíritos Humberto de Campos, Irmã Clara, Irmã Celina, Luiz Sérgio, Peixotinho, Irmão Jacob, além de pioneiros e trabalhadores da Comunhão Espírita de Brasília, como seu Mário e dona Irene de Carvalho, seu Júlio Capilé, Heloísa e vários outros espíritos que se juntaram à confraternização para acompanhar, consolar, socorrer e fazer tratamentos espirituais.

Psicofonias fazem apelo aos espíritas  

A primeira psicofonia da noite trouxe as palavras doces e consoladoras de Dr. Bezerra de Menezes (1831-1900), mentor da Comunhão Espírita de Brasília, que conheceu Jesus em sua encarnação como Zaqueu e, reencarnado no Brasil, foi político e um dos pioneiros da Doutrina Espírita. Na mensagem, ele relata a transformação que Jesus operou em sua vida, e se despede ofertando o seu amor. “Eu vos dou meu coração, que aprendeu a amar com Jesus”, disse, trazendo consolo para os irmãos encarnados.

Outra mensagem psicofônica falou de esperança e fez um convite à transformação íntima: “Tanto se fala sobre a transição do Planeta. Vamos perguntar à nossa alma, ao nosso coração o que temos feito para esse mundo de regeneração”.

A mensagem alertou que a espiritualidade precisa de nossa ajuda para construirmos um mundo melhor. E fez um apelo aos espíritas.

“Precisamos dos esforços dos espíritas para levar luz e amor. Aqui rogamos o concurso de cada um de vocês para que se unam a nós nesse processo de transição planetária”. E concluiu: “Que 2019 seja um ano de muito trabalho, que possamos semear o bem onde quer que estejamos e que, todos juntos, possamos fazer um mundo melhor”.

Psicografias reforçam necessidade urgente da prática do amor  

As psicografias também reforçaram a necessidade da prática do amor, do perdão, da resignação e da paciência e alertaram que não se pode mais adiar a melhoria íntima que nos trará felicidade e paz.

Vidências mostram magia do momento presente

Já as vidências mostraram a magia, no plano invisível, do que acontecia durante toda a noite: “pilares de luz que se levantam rumo ao infinito ao encontro de asas enormes e depois retornam à Terra trazendo vibrações de amor e paz”.

Enquanto isso, ocorriam socorros e tratamentos espirituais no salão Bezerra de Menezes realizados pelas equipes espirituais ali presentes.

Todos da plateia estavam acompanhados de seus mentores espirituais, ou anjos da guarda.  Além disso, cada um recebeu uma flor da espiritualidade “colhida no Jardim do Além, simbolizando o amor de Jesus”, relatou uma médium.

Para encerrar o evento, a vice-presidente da Comunhão Espírita de Brasília, Malu, reforçou a necessidade da reforma íntima para que ocorra a verdadeira transformação. Ela propôs uma reflexão, a mesma que deu o tom do evento naquela última noite de 2018: “A regeneração começa dentro de nós. Quando uma pessoa muda, o Universo inteiro muda”.

Em seguida, todos rezaram juntos o Pai Nosso e trocaram abraços desejando saúde, paz e amor para 2019.

 Texto: Arlinda Carvalho

Fotos: Vanessa Vieira



Cantata de Natal emociona público na Comunhão

domingo, dezembro 9th, 2018 124 views

Baixe este post em PDF

O Coral Elos de Luz apresentou neste sábado, dia 9 de dezembro, a tradicional Cantata de Natal. Diante de um salão Bezerra de Menezes lotado, os integrantes apresentaram 12 canções natalinas, levando uma mensagem de paz e harmonia a todos os corações.

O presidente da Comunhão Espírita, Adilson Mariz, fez a abertura da noite especial, convidando todos a apreciarem a música latina, que “favorece a conexão com o mais Alto”.

O  Coral Elos de Luz se apresentou sob a regência de Pedro Ramirez e Haroldo Júnior, com a pianista Suzy Magalhães.

Clique no link abaixo e acompanhe a apresentação.